Take a fresh look at your lifestyle.

Fiscalização retira de circulação mais de 70 veículos em situação irregular das ruas de Manaus

-publicidade-

Foram retidos motos, carros e micro-ônibus, e a maioria deles estão em mau estado de conservação

O Departamento Estadual de Trânsito do Amazonas (Detran-AM) realizou, nesta quinta-feira (1º/03), operação de fiscalização nos veículos que operam no sistema de transporte alternativo e executivo em Manaus. Durante a operação, que começou às 4h da madrugada desta quinta-feira e se estendeu até às 9h, 72 veículos foram retidos, sendo 43 motos, 12 carros e 17 micro-ônibus.

O número de autuações chegou a 285. Entre as infrações constatadas durante as abordagens dos agentes, principalmente nos veículos que realizam transporte alternativo e executivo, destaca-se o mau estado de conservação, com pára-brisas trincados, pneus carecas. Além disso, foram abordados motoristas dirigindo sem habilitação na categoria D, que é exigido pelo Código Brasileiro de Trânsito (CTB) para o exercício da atividade de transporte coletivo e ainda veículos com o lacre de segurança da placa rompido. Um motorista que conduzia um carro modelo Fiesta foi autuado por embriaguez ao volante.

No total, 412 veículos que prestam esse tipo serviço na capital foram inspecionados pelos agentes que estavam com barreiras montadas nas avenidas Autaz Mirim, Itaúba e rua Hilário Gurjão (rua do Fuxico), na zona leste, e na avenida Camapuã, na zona norte.

Fiscalização intensificada – Segundo o diretor-técnico do Detran-AM, Rodrigo Sá, as ações de fiscalização continuarão acontecendo em vários pontos da cidade e de forma sistemática. “As ações seguem uma determinação do nosso diretor-presidente, Vinicius Diniz, do secretário de Segurança Pública e vice-governador, Bosco Saraiva. Durante as abordagens, além de verificar a documentação do motorista e do veículo, nós verificamos também as condições físicas dos automóveis, como pneus, retrovisor, freios e a questão da superlotação. Nosso objetivo é garantir que o cidadão chegue a seu destino com segurança”, enfatiza.

De acordo com o diretor-presidente do Detran-AM, Vinicius Diniz, o objetivo é melhorar a qualidade do serviço que é prestado à população e promover a segurança no trânsito através de ações educativas e de fiscalização. “Não vamos permitir que veículos em mau estado de conservação e dirigidos por pessoas que não tenham a competência legal para esse tipo de trabalho circulem nas ruas da nossa cidade colocando em risco a vida de passageiros e de pedestre. Nosso trabalho é garantir um trânsito seguro para todos”, afirmou.

Na operação de fiscalização do transporte alternativo, os agentes do Detran-AM contaram com o apoio dos policiais do Batalhão de Trânsito da Polícia Militar.

FOTO: DIVULGAÇÃO/DETRAN-AM

-publicidade-