O secretário de segurança pública, coronel Louismar Bonates, determinou investigação rigorosa sobre a morte do motorista Antônio Bento da Silva Filho, 48, que perdeu a vida após o ônibus que ele dirigia ser alvo de um assaltante nesta sexta-feira (15/03). Uma força tarefa envolvendo policiais civis e militares está em curso com o objetivo de localizar o autor do crime.

Assim que assumiu a pasta da segurança pública, em janeiro deste ano, Bonates mandou intensificar as operações policiais para combater os crimes no transporte coletivo. As operações “Catraca” e “Rota Segura”, que abordam ônibus do sistema viário urbano e que levam funcionários de empresas do Polo Industrial, vêm contribuindo para redução de ocorrências. Em janeiro, a diminuição foi de 29,3%.

“Estamos reestruturando a segurança pública, com novas estratégias de trabalho policial, aumentando o número de operações e prendendo mais e com qualidade, para que esses criminosos não retornem às ruas após audiência de custódia. Os ônibus vêm sendo acompanhados em operações específicas e vamos intensificar esse trabalho”, disse o secretário de segurança.

Bonates ressaltou, ainda, que está planejando outras medidas para dar maior dinamismo nas ações de prevenção e pronta resposta policial. Um dos projetos é o Rocam Moto, que vai implantar um novo modelo de patrulhamento com policiais militares em motocicletas acompanhando especificamente as zonas comerciais e os corredores de ônibus.

A Polícia Civil, por meio da Seccional Sul e do 24º DIP, investiga o caso. Quem tiver informações que possa auxiliar o trabalho policial pode fornecer, de forma sigilosa, através do telefone 181, o disque-denúncia da Secretaria de Segurança Pública. A ligação é gratuita e o serviço funciona 24 horas por dia.

Entenda

Motorista do transporte coletivo reage a assalto e morre depois de ser agredido por bandidos em Manaus

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here