Força-tarefa do Auxílio Estadual Enchente entrega cartões e cestas básicas no Educandos, zona sul de Manaus

O primeiro dia de entrega dos cartões do programa Auxílio Estadual Enchente foi um sucesso. Somente nesta quarta-feira (16/06), no posto do bairro de Educandos, zona sul de Manaus, o Governo do Amazonas beneficiou 337 famílias, que receberam cartões com crédito de R$ 300, em parcela única, além de cestas básicas para garantia da segurança alimentar e nutricional diante do quadro de cheia histórica.

A ação humanitária de caráter emergencial envolve diversos entes estaduais e municipais. A execução do programa está a cargo da Defesa Civil do Amazonas e da secretaria de Estado da Assistência Social (Seas), contando ainda com as secretarias de Estado de Educação e Desporto (Seduc) e de Produção Rural (Sepror), Departamento Estadual de Trânsito do Amazonas (Detran-AM), Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Amazonas (CBMAM). Envolve ainda as prefeituras municipais e suas respectivas pastas de Defesa Civil e Assistência Social.

A atividade no Educandos vai durar dois dias, até esta quinta-feira (17/06), com atendimentos começando às 9h no CETI Gilberto Mestrinho – Avenida Leopoldo Peres, ao lado do Pronto Atendimento ao Cidadão (PAC) do bairro. Segundo a responsável pela equipe da Seas no posto, Ítala Rodrigues, o Educandos foi contemplado com 674 cartões do Auxílio Enchente.

“Neste primeiro dia aqui no Educandos, as equipes envolvidas nesse trabalho conseguiram entregar 337 cartões e cestas básicas de um total de 674 benefícios. O Governo do Estado e a Prefeitura de Manaus estão empenhados em agilizar as entregas, porque as famílias estão precisando muito dessa ajuda tão importante”, disse Ítala, que coordena o Projeto de Fortalecimento da Rede de Proteção Social Básica na Seas.

Legislação – O programa Auxílio Enchente foi instituído pelo Decreto n° 43.818, de 6 de maio de 2021. É um benefício eventual, de caráter provisório, destinado às famílias atingidas pelo desastre da inundação no Amazonas. Consiste na entrega ao beneficiário de um cartão magnético com crédito de R$ 300, em parcela única, a ser usado na rede credenciada para aquisição de itens de primeira necessidade, como produtos da cesta básica. A meta do programa é atender 100 mil famílias, com investimento total de R$ 30 milhões.

FOTO: Divulgação/Seas