FOTO: Divulgação / SSP-AM

No início da tarde desta sexta-feira (5/4), policiais militares da Força Tática prenderam um homem portando cinco armas de fogo, em um carro modelo Celta, vermelho, com placa de São Luís (MA). O veículo também foi apreendido e será analisado para verificar se há restrição de roubo ou furto.

Pedro Paulo Barbosa Lopes, de 33 anos, foi apresentado nesta tarde, no Centro Integrado de Comando e Controle (CICC), na avenida André Araújo, no bairro Petrópolis, zona sul da capital amazonense. Com ele, foram encontradas uma escopeta calibre 12 e uma carabina M1 semiautomática calibre 30, ambas com restrição de uso; além de uma pistola 380, um rifle calibre 22 e um revólver calibre 38.

Também foram apreendidas munições calibres 12, 38 e 22. A origem e destino do armamento serão investigados pela Polícia Civil do Amazonas.

O secretário de Segurança Pública, coronel Louismar Bonates, destacou mais um importante trabalho da Polícia Militar e o número de armas já apreendidas desde o início do ano.

“Quero inicialmente parabenizar os policiais da Força Tática, que conseguiram desarticular mais uma distribuição de armas que seriam utilizadas na nossa cidade. Só no início desse ano, já retiramos de circulação 376 armas de fogo, que representa um aumento de 13,6% em relação ao ano passado”.

Prisão em flagrante – A abordagem policial aconteceu após denúncia anônima. O suspeito foi surpreendido pelos policiais no momento em que faria a entrega do material para uma pessoa ainda não identificada, no Conjunto Habitacional Viver Melhor, na zona norte.

De acordo com o comandante da Força Tática, major Igor Martins, o homem informou que foi pago para entregar as armas na comunidade Monte Orebe, uma área de invasão ao lado no conjunto residencial. Há alguns meses, operação da PM no local retirou barricadas que teriam sido instaladas por traficantes para impedir a entrada da policial.

“Recebemos denúncia anônima, através da linha direta 99428-4400, com a informação de que um veículo Celta tinha armamento em seu interior. Fizemos a abordagem e encontramos o arsenal. Acreditamos que, possivelmente, essas armas iriam repor o armamento que a Policia Militar apreendeu na mesma invasão, em fevereiro desse ano”, disse o major, referindo-se à apreensão de um fuzil 556 e uma espingarda calibre 12.

FOTO: Divulgação / SSP-AM