Em reunião de emergência na manhã desta quinta-feira (27/09), no Centro Integrado de Comando e Controle (CICC), os comandantes das forças de segurança do Estado determinaram uma pronta-reposta às ações de criminosos que ocorreram na noite desta quarta-feira (27/09) em diferentes pontos de Manaus.

Participaram da reunião o secretário Extraordinário, coronel Walter Cruz, secretário de Segurança Pública, coronel Anézio Paiva, comandante-geral da Polícia Militar, coronel Cláudio Silva, subcomandante-geral da PM, coronel Ayrton Norte, o delegado geral da Polícia Civil, Frederico Mendes, o delegado-geral adjunto Ivo Martins, o diretor do Departamento de Polícia Metropolitana (DPM), delegado Alessandro Albino, o secretário executivo Adjunto de Planejamento e Gestão, coronel Gilberto Gouvêa, o secretário executivo Adjunto de Inteligência, delegado Herberto Lopes e o secretário executivo da Secretaria de Administração Penitenciária, capitão Alessandro Santos.

“Estamos elevando o nível de atenção após as ocorrências da noite desta quarta-feira. Temos informações, por parte dos nossos serviços de Inteligência, de que alguns dos eventos da última noite estão relacionados à morte de um dos líderes de uma facção criminosa que atuava no bairro Mauazinho”, afirmou Walter Cruz. “Além disso, outras informações apontam que os fugitivos do CDPM 2 (Centro de Detenção Provisória Masculino) podem ter ligações com as ocorrências”, completou.

De acordo com o secretário de Segurança Pública, Anézio Paiva, medidas já estão sendo tomadas para contra-atacar estas ações criminosas e a população pode estar certa de que o policiamento será reforçado em todas as zonas da capital amazonense.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here