Policiais civis e militares reuniram-se na tarde desta terça-feira (25/9), no Centro Integrado de Comando e Controle (CICC), zona sul da capital, para alinharem ação integrada proposta pelo Programa GuardiAM, no que diz respeito ao funcionamento das novas Centrais de Flagrante e abertura para registros de ocorrências de 15 Distritos Integrados de Polícia (DIPs).

O delegado-geral adjunto da Polícia Civil, Ivo Martins, o diretor do Departamento de Polícia Metropolitana (DPM) da instituição, delegado Alessandro Albino, e o comandante do Comando de Policiamento Metropolitano (CPM) da Polícia Militar, coronel Disney Brilhante, conduziram a reunião com os delegados titulares das Seccionais e comandantes dos Comandos de Policiamento de Áreas (CPAs).

“Estamos em período de ajuste e encaramos as reivindicações dos colegas com naturalidade. Nos reunimos hoje com os comandantes das CPAs e os seccionais para alinhar esse entrosamento entre as forças, onde o policial militar cuja Companhia Interativa Comunitária (Cicom) já funciona ao lado vai prestar apoio ao colega policial civil, caso haja uma necessidade de sair de frente da permanência”, disse o delegado-geral adjunto.

Nos casos que resultarem em flagrante, a orientação é que os policiais civis direcionem a ocorrência para a Central mais próxima. “Caso o cidadão chegue para registrar a ocorrência de um homicídio sabendo quem foi o autor, onde é a residência dele, imediatamente o investigador fará contato com a Central mais próxima para que a diligência continue. Obviamente que ninguém precisará se ausentar para dar esse suporte”, explicou Ivo Martins.

Acompanhamento dos trabalhos – O diretor do DPM, delegado Alessandro Albino, acompanhou, na noite de segunda-feira (24/09), o inicio dos trabalhos nas novas centrais e unidades policiais que passaram a atender 24 horas. “Fizemos questão de ir pessoalmente a essas unidades, ontem recebemos informação de que algumas delegacias estavam sendo invadidas, mas, ao chegarmos nesses locais, constatamos que estava tudo dentro da normalidade. A previsão é que até a quinta-feira (27/09), nós encerramos esses plantões e no dia seguinte trabalharemos normalmente”, afirmou.

Os DIPs que passaram a funcionar 24 horas para registro de ocorrência são 2º (Colônia Oliveira Machado); 3º (Petrópolis); 5º (Santo Antônio); 7º (São Lázaro); 8º DIP (Compensa 2); 17º (Conjunto Hiléia, bairro Redenção); 20º (Comunidade Campos Sales, bairro Tarumã); 21º (São Jorge), 22º DIP (Nossa Senhora das Graças); 23º (Conjunto Shangrilá, bairro Parque Dez); 25º DIP (Armando Mendes); 27º (Novo Aleixo); 28º DIP (Colônia Antônio Aleixo) e 29º (Mauazinho).

Novas Centrais de Flagrantes abertas nesta semana – O 4° DIP está situado na avenida Perimetral, esquina com Travessa B-9, s/n, comunidade Grande Vitória, bairro Gilberto Mestrinho. A nova Central de Flagrantes da zona leste irá atender as ocorrências do bairro Gilberto Mestrinho e das comunidades que o integram, além de atender delitos ocorridos na área do 28° DIP, que compreende os bairros Colônia Antônio Aleixo, Puraquequara e as respectivas comunidades, situadas nessas áreas da cidade.

O 11° DIP está localizado na avenida Beira Rio, s/nº, segunda etapa do bairro Coroado, zona leste. Esta Central de Flagrantes irá atender as três etapas do bairro Coroado e as ocorrências da área do 29° DIP, compreendida pelo bairro Mauazinho, também na zona leste.

O 13° DIP, situado na rua Nossa Senhora da Conceição, s/n, bairro Cidade de Deus, zona norte, atende as demandas do bairro Cidade de Deus, dos loteamentos Fazendinha e Parque dos Estados. Além das comunidades Aliança com Deus, Alfredo Nascimento, Gustavo Nascimento, Nossa Senhora da Conceição e dos conjuntos Braga Mendes, Vila Nova, e segunda e terceira etapa do conjunto Cidadão Viver Melhor. Como Central de Flagrantes, o 13° DIP irá atender as ocorrências da área do 27° DIP, que abrange o bairro Novo Aleixo e os conjuntos que o compõe.

O 26° DIP está localizado na rua Vitória Régia, s/n, bairro Santa Etelvina, zona norte da capital. A unidade policial atende as ocorrências do bairro Santa Etelvina, Monte das Oliveiras, Conjuntos Habitacionais Viver Melhor e Cidadão cinco e sete, bairro Lago Azul e as Comunidades da Zona Rural de Manaus, localizadas até o quilômetro 53, da Rodovia Estadual AM – 010.

FOTO: JEFFERSON CUNHA

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here