Take a fresh look at your lifestyle.

-publicidade-

’Frevando em Manaus’: artistas lançam registro inédito de música de Hermeto Pascoal

A genialidade do compositor Hermeto Pascoal se encontra com todo o magnetismo da capital amazonense na música “Frevando em Manaus”, que acaba de ganhar novo registro pelo grupo Abner Viana Ensemble. O projeto deu origem a um single com novos arranjos e um videoclipe, que será lançado nesta sexta-feira (16/04), às 10h, no Youtube (http://bit.ly/FrevandoManaus).

Reconhecido mundialmente por seu talento como multi-instrumentista, arranjador e improvisador, o alagoano Hermeto Pascoal compôs “Frevando em Manaus” na década de 1990, como uma homenagem à capital do Amazonas, embora ele próprio nunca tenha gravado a música.

O instrumentista amazonense Abner Viana assina a produção musical com o novo arranjo, além da orquestração e adaptação da obra. Entre os instrumentos da gravação estão: flautim, flauta, clarineta, saxofone alto, trompetes, trombones, vibrafone, guitarra, piano, contrabaixo elétrico, bateria e percussão, compondo uma orquestração menor que a formação de uma big band.

“É uma música difícil, não só do ponto de vista melódico e harmônico, mas do interpretativo também, porque está inserida dentro de uma estética musical fora do padrão tradicional de um frevo, apesar de que é ressaltado na música o andamento rápido e a linguagem do frevo tradicional. Escrever harmonias e arranjos da orquestração em pouco tempo foi realmente um desafio grande, mas chegamos a um resultado muito positivo musicalmente”, comenta Viana, admirador e estudioso da obra de Hermeto.

“Foram anos estudando a música dele, até cheguei a conhecê-lo por meio do saxofonista Vinícius Dorin, que tocou muitos anos com Hermeto Pascoal, e considero que isso teve um impacto profundo na hora de escrever o novo arranjo em apenas duas semanas”, completa.

RELEVÂNCIA

Em uma de suas passagens pela capital amazonense, Hermeto Pascoal entregou a partitura original de “Frevando em Manaus” a uma amiga em comum ao cantor e compositor Zeca Torres (Torrinho), um dos autores de “Porto de Lenha”, que a compartilhou com Abner Viana.

“Hermeto compôs um frevo que expressa a intensa movimentação que já havia em Manaus naquela época. É uma obra que demonstra o elo simbólico que autor criou durante suas andanças por Manaus. Sua simplicidade melódica retrata muito bem o dia a dia do cidadão comum”, acrescenta Viana.

A iniciativa foi contemplada no Prêmio Manaus de Conexões Culturais 2020 – Lei Aldir Blanc, com apoio da Prefeitura de Manaus e do Governo Federal, e envolveu diretamente cerca de 20 pessoas, entre músicos e equipe de produção.

FICHA TÉCNICA

Música

Composição: Hermeto Pascoal

Arranjo: Abner Viana/Célio Vulcão

Orquestração: Abner Viana

Gravação, mixagem e masterização: Jeferson Souza

Produção Musical: Abner Viana

Capa: Bárbara Annitza

*Músicos*

Cláudio Abrantes – Flauta/Flautim

Abner Viana – Clarinete/Saxofone Alto

Odirley Mozambite – 1° e 2° Trompetes

Salomão Verçoza – Trombone/Trombone Baixo

Rodrigo Andrade – Guitarra

Célio Vulcão – Piano/Escaleta

Sérvio Túlio – Contrabaixo Elétrico

Andrio Dias – Bateria/Vibrafone

Eliberto Barroncas – Percussão/Efeitos

Clipe

Direção de Imagens: Matheus Mota

Filmagem e edição: Gabriel Leão

Operador de drone: Newton Coelho (Said)

Bailarinos: Letícia Pinto e Wilham Santos

Maquiadora: Samantha Campos

Produção Executiva: Maria Lucy Rodrigues

-publicidade-