Take a fresh look at your lifestyle.

-publicidade-

Fronteira – Segurança Pública anuncia investimentos para reforçar combate a crimes no Amazonas

O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM), vai reforçar o combate aos crimes em áreas de fronteira com a implantação de novas bases de monitoramento fluvial e aquisição de lanchas blindadas. A informação foi confirmada, nesta quarta-feira (16/12), pelo titular da pasta, coronel Louismar Bonates, em uma reunião com a Secretaria de Operações Integradas (Seopi), do Ministério da Justiça e Segurança Pública.

O encontro entre Bonates e o coordenador de Operações Integradas da Seopi, tenente-coronel Saulo de Tarso, ocorreu no Centro Integrado de Comando e Controle (CICC), localizado no bairro Petrópolis, zona centro-sul de Manaus.

Entre as novidades para o próximo ano está a implantação de uma segunda unidade fluvial, seguindo os mesmos moldes da Base Arpão, prevista para a calha do rio Juruá, próximo ao município de Maraã (a 634 quilômetros de Manaus).

Também foram anunciadas aquisições de mais lanchas blindadas. Atualmente, a frota de lanchas conta com cinco embarcações com blindagem para atuação policial nos rios. Para o próximo ano, pelo menos duas lanchas deverão ser adquiridas com recursos provenientes de convênio com o governo federal.

Efetividade – De acordo com o secretário de Segurança, a parceria entre governo estadual e governo federal possibilitou o aumento da efetividade das ações no interior.

Nos três primeiros meses de atuação, entre agosto e outubro, a atuação da Base Arpão resultou num prejuízo ao crime de mais de R$ 6 milhões e 37 infratores presos. No período, mais de 10 mil pessoas foram abordadas em ações diárias nas proximidades do município de Coari (a 363 quilômetros de Manaus).

Amazonas é destaque – O representante da Seopi e novo coordenador-geral de Fronteiras, tenente-coronel Tarso Sanson Silva, destacou o trabalho feito no Amazonas. O Estado tem, neste ano, a maior produtividade do País em apreensão de armas nos locais onde ocorre a Operação Hórus, do Programa Nacional de Segurança nas Fronteiras e Divisas (Vigia).

Segundo Sanson, o Amazonas receberá, no próximo ano, equipamentos para reforçar o combate ao crime. Serão repassados ao Estado binóculos de visão noturna, capacetes blindados e coletes balísticos.

FOTO: Divulgação/SSP-AM

-publicidade-