Take a fresh look at your lifestyle.

-publicidade-

-publicidade-

FUnATI realiza campanha educacional sobre o envelhecimento

Campanha “Envelheça com Saúde” abrange a distribuição de revistas didáticas entre idosos

A pandemia do coronavírus trouxe à tona diversos desafios na área da saúde, entre eles a atenção ao envelhecimento com mais qualidade. Pensando nisso, o Governo do Amazonas, por meio da Fundação Universidade Aberta da Terceira Idade (FUnATI) iniciou a distribuição de revistas educativas sobre o envelhecimento, por meio da campanha “Envelheça com Saúde”.

O projeto foi realizado em parceria com a “Revista Coquetel”, famosa publicação de passatempos, com conteúdo projetado para a divulgação dos quatros pilares do envelhecimento saudável – alimentação, exercícios físicos, saúde mental e convívio social.

Foram produzidos 15 mil exemplares, que estão sendo distribuídos para pessoas a partir de 50 anos em toda a rede de atenção ao idoso do estado do Amazonas. Instituições que já receberam a ação: Centros de Atenção Integral à Melhor Idades (Caimis), Lar São Vicente de Paulo, Centro Integrado de Proteção e Defesa da Pessoa Idosa e Delegacia Especializada em Crimes Contra o Idoso (DECCI).

Outras instituições também deverão receber o material em breve, entre elas a Fundação Doutor Thomas, Conselho Estadual do Idoso, Centro de Referência de Assistência Social (Cras) e Policlínicas, além dos alunos da instituição no retorno das atividades presenciais. Para a campanha de imunização da influenza nos idosos, serão destinados 7 mil exemplares da revista.

De acordo com o reitor da FUnATI, Euler Ribeiro, o envelhecimento populacional é um fenômeno universal, sendo que no Brasil houve um salto gigantesco no aumento da expectativa de vida, e o país soma hoje mais de 30 milhões de idosos no país. Por outro lado, a pandemia trouxe uma dura realidade aos que tiveram o privilégio do envelhecimento, afetando diretamente este grupo de risco e expondo a necessidade do envelhecimento com qualidade.

“Estamos usando a revista de uma forma lúdica para conscientizar a população idosa dos benefícios em se envelhecer com mais saúde e autonomia. Além disso, divulgamos também nossa dieta amazônica como fonte de alimentação saudável obtida em nossa própria terra”, ressaltou.

FOTO: Edimilson Pereira

-publicidade-