O atleta Gabriel Afonso dos Santos Moraes, conhecido internacionalmente como Pulguinha, seis vezes campeão mundial de Jiu-Jitsu na categoria Pluma, até 64 quilos, trouxe ao Amazonas mais dois grandes resultados. No final de abril, ele disputou em Abu Dhabi e, na semana passada, disputou o Campeonato Brasileiro da Confederação Brasileira de Jiu-Jitsu (CBJJ), em São Paulo, conquistando um bronze e um ouro, respectivamente. Ele esteve na Secretaria de Juventude, Esportes e Lazer (Sejel) para agradecer pelo apoio recebido para viajar e participar das competições com a bandeira amazonense.

“Nossa missão enquanto agentes públicos do esporte é fomentar as boas práticas e valorizar os nossos grandes atletas nas mais diversas modalidades. E o Gabriel Moraes é um desses. Ele está de parabéns pelos resultados”, enalteceu Beto Folhadela, secretário adjunto, que recebeu o atleta em sua visita à Sejel.

Praticante da arte suave há pelo menos 20 anos, Gabriel Moraes chega aos 36 anos no auge de sua performance física, enfrentando atletas de alto nível técnico com a metade de sua idade. Para isso é preciso muito treinamento e planejamento.

“Para me manter entre os melhores do mundo por tanto tempo, eu me dedico muito e abro mão de muitas coisas sem as quais a maioria das pessoas não consegue viver. A vida de atleta de alto nível é puxada, e quando temos a tranquilidade para pelo menos viajarmos, nos ajuda muito”, enfatizou Pulguinha.

Entre os próximos desafios está o Mundial de Master, a ser disputado em Las Vegas (EUA) no mês de agosto. A competição é realizada pela International Brazilian Jiu-Jitsu Federation (IBJJF), entidade que regulamenta a prática do jiu-jitsu brasileiro em todo o mundo.

“Devo continuar os treinos e enfatizar na aplicação das técnicas. Se é difícil chegar ao alto, mais difícil é se manter lá. Mais uma vez muito obrigado ao Governo do Estado e à Sejel por todo o apoio que têm dado, não apenas ao Jiu-Jitsu, mas a todas as outras modalidades”, finalizou Gabriel.

FOTO: Mauro Neto / Sejel