Take a fresh look at your lifestyle.

Governador José Melo inaugura escola estadual Professora Eliana de Freitas Morais, no Conjunto Lago Azul, no bairro Santa Etelvina

-publicidade-

Na próxima segunda-feira, dia 22 de fevereiro, em cerimônia que acontecerá às 9h, o governador do Estado do Amazonas, José Melo, inaugurará a escola estadual Professora Eliana de Freitas Morais, localizada na Rua Rio Caquetá, s/n, no conjunto Lago Azul, bairro Santa Etelvina, zona norte de Manaus.

Administrada pela Secretaria de Estado de Educação (Seduc) e gerenciada pela Polícia Militar do Amazonas (PM/AM), a escola é parte de um amplo projeto do Governo do Estado para melhorar a qualidade da educação pública no Estado.

Com investimentos da ordem de R$ 13.152.927,06 a escola estadual Professora Eliana de Freitas Morais possui estrutura moderna e conta com 24 salas de aula, laboratórios de informática e ciências, biblioteca, piscina, campo de futebol, refeitório, quadra poliesportiva, salas de música e dança, dentre outros espaços administrativos.

Projetada para um melhor atendimento à comunidade estudantil do Conjunto Lago Azul, no bairro Santa Etelvina, a unidade de ensino possui capacidade para atender a 2.940 estudantes, nas modalidades de ensino fundamental (1º ao 5º ano), (6º ao 9º ano), ensino médio e educação de jovens e adultos, nos turnos matutino, vespertino e noturno.

De acordo com o secretário de Estado de Educação, Rossieli Soares da Silva, com a inauguração da escola no Conjunto Lago Azul, o Governo do Estado dá continuidade aos investimentos que visam a melhoria da educação no Amazonas. “Essa é a conclusão de mais uma importante obra e mostra o compromisso do nosso governador José Melo com a educação em nosso Estado”, afirmou o secretário Rossieli Silva.

Biografia Eliana de Freitas Morais

Filha de Arnaldo e Raimunda Morais, Eliana de Freitas Morais nasceu no dia 10 de junho de 1945, em Manaus. Cursou o ensino secundário no tradicional Instituto de Educação do Amazonas (IEA). Frequentou a faculdade de Pedagogia na Universidade Federal do Amazonas (Ufam).

Iniciou sua carreira como professora na rede pública estadual, nas escolas estaduais Euclides da Cunha, Monteiro de Souza, Ruy Araújo e Major Silva Coutinho. Também atuou como educadora e gestora em escolas da rede municipal de ensino.

Durante 29 anos de sua vida dedicou-se à educação por acreditar que a missão do educador é promover a autonomia moral e intelectual do aluno, tornando-o cidadão ativo e criativo na sociedade. Faleceu no dia 7 de março de 2006, aos 61 anos de idade.

-publicidade-