Governo Amazonino Mendes avança com obras do Anel Leste

As obras do Anel Viário Leste estão avançando. A gestão do governador Amazonino Mendes responde pelos trabalhos, realizados por meio da Secretaria de Estado de Infraestrutura (Seinfra). O projeto terá 17,6 quilômetros de extensão. Inicia na reserva Adolpho Ducke, no bairro Cidade de Deus, e vai até o Distrito Industrial 2 (DI).

Quando concluídos, Anel Sul e Anel Leste se interligarão: quem vem da avenida Torquato Tapajós pegará a avenida Arquiteto José Henriques, no bairro Monte das Oliveiras; passará pela avenida Margarita, no conjunto Nova Cidade; ramal do Brasileirinho; seguirá até o trevo da alameda Cosme Ferreira com a avenida Norte-Sul, até chegar ao DI.

De acordo com titular da Seinfra, engenheiro Oswaldo Said, a obra da gestão do governador Amazonino Mendes ajudará a desafogar o trânsito. “Os anéis viabilizarão, principalmente, o tráfego de veículos pesados. Eles deixarão de circular pelas vias centrais, diminuindo os congestionamentos. Sairão do Aeroporto Internacional Eduardo Gomes em direção do Distrito Industrial, reduzindo custos e tempo de transporte”, explicou o secretário.

Ações ambientais – Segundo a engenheira ambiental Daniela Lopes, da Assessoria Ambiental da Seinfra, já foi realizado na área o trabalho de retirada de árvores e folhagens (supressão vegetal), assim como o resgate e captura de animais silvestres que vivem na região. O Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) também participou dessa fase dos trabalhos, monitorando os serviços de engenharia na tentativa de identificar peças de arqueologia.

Pontes e galerias – O engenheiro Francisco Souza é quem responde pela obra e acompanha o andamento de cada etapa. Ele informa que a terraplenagem foi iniciada para a implantação do Anel Viário Leste, bem como os serviços de drenagem na área. O passo seguinte será construir galerias, que servirão para passagem de água e, algumas, da fauna, além de quatro pontes.

De acordo com o projeto, o Anel Leste será implantado com duas pistas, tendo 10,80 metros de largura, com três faixas de 3,60 metros em cada uma. Os passeios laterais terão 3 metros de largura e canteiros com 5 metros. Ao longo do trecho serão implantadas 22 baias para paradas dos ônibus.

FOTOS: DIVULGAÇÃO/SEINFRA