Take a fresh look at your lifestyle.

Governo anuncia obras de infraestrutura 2021

-publicidade-

Modernização da AM-010 é a principal delas

O Governo do Amazonas, por intermédio da Secretaria de Estado de Infraestrutura e Região Metropolitana de Manaus (Seinfra), prevê a realização de sete grandes obras, distribuídas pela capital e pelo interior do estado, com início em 2021.

As obras abrangem a modernização dos 269 quilômetros de extensão da rodovia Deputado Vital de Mendonça, a AM-010, que liga Manaus, Rio Preto da Eva e Itacoatiara; a pavimentação do Ramal do Km 11 e do Ramal da Cabeceira do Purupuru, ambos no município do Careiro; a reforma do Centro de Atenção Integral à Criança (Caic) Ana Maria Braga, em Manaus; a recuperação da orla do município de Nhamundá; e a pavimentação dos ramais da Cachoeira do Castanho e do Uga Uga, em Iranduba.

Caic Ana Maria Braga – O Governo do Amazonas tem em sua agenda de obras hospitalares a reforma de cinco Centros de Atenção Integral à Criança, os Caics. O investimento previsto para a realização destas obras é de R$ 326.109,21.

O primeiro a entrar em obras, em janeiro último, foi o Caic Ana Maria dos Santos Pereira Braga, situado no bairro São José, zona leste de Manaus. O projeto, anunciado em novembro de 2020 pela primeira-dama do Estado, Taiana Lima, contempla a reforma de outras quatro unidades: Caic Alberto Carreira, no bairro Compensa, zona oeste; Caic Doutora Maria Helena, no Novo Israel, zona norte; Caic Josephina Melo, no Colônia Oliveira Machado, zona sul; e Caic Doutor Afrânio Soares, no Parque 10, zona centro-sul.

Todas as obras serão realizadas pela Seinfra e iniciarão ainda no primeiro semestre deste ano.

Ramais no Careiro – O Governo do Amazonas também assinou, em janeiro último, o contrato para a realização dos serviços de recuperação e pavimentação de dois ramais rodoviários no município do Careiro Castanho, distante 88 quilômetros de Manaus.

O contrato refere-se ao Ramal do Km 11, com 9,46 quilômetros de extensão; e o Ramal da Cabeceira do Purupuru, 8,71 quilômetros de extensão, situado no Km 22 da BR-319. A construção e a recuperação de ramais no interior são vistas pelo Governo do Amazonas como elemento indutor do desenvolvimento econômico e social das comunidades existentes ao longo das vias.

Ramais em Iranduba – Com investimento de R$ 14.951.541,94, Iranduba terá mais dois ramais recuperados. Situados respectivamente nos Km 24 e 26 da rodovia Manoel Urbano (AM-070), o Ramal da Cachoeira do Castanho e o Ramal do Uga-Uga são de grande importância econômica para o município.

Com 7 quilômetros de extensão, o Ramal Rodoviário da Cachoeira do Castanho é de grande importância econômica em razão da produção de frutas, legumes e hortaliças, e também da pesca esportiva e do turismo.

O Ramal do Uga-Uga tem 8,6 quilômetros de extensão e tem na produção de pimentão, pimenta-de-cheiro e diversas outras hortaliças a base da sua economia.

Modernização da AM-010 – A mais ambiciosa das obras anunciadas em janeiro último é a de modernização da rodovia AM-010, que prevê a realização de serviços de terraplenagem, pavimentação, drenagem, faixas de aceleração e sinalização da pista.

As intervenções irão promover a melhoria na sinalização horizontal e vertical, e construção de 3ª faixa nos trechos onde esta for recomendada por razões técnicas e de segurança, como por exemplo, nas curvas perigosas e nos aclives.

O investimento nesta obra é de cerca de R$ 400 milhões. Considerada como uma das mais importantes do estado, a estrada Manaus-Itacoatiara foi construída na década de 1960, e seu projeto não foi dimensionado para receber o tráfego de veículos pesados, como caminhões e carretas bitrem – que transportam madeira e soja –, que ela recebe atualmente, e futuramente de gás oriundo de Silves em direção a Boa Vista.

Esse tipo de tráfego provocou a saturação de seu leito e, por conta disso, o Governo do Amazonas determinou à Seinfra que elaborasse um projeto de modernização da via.

FOTO: Divulgação/Seinfra e Herick Pereira

-publicidade-