Governo do Amazonas conclui formação de 20 brigadistas para combate às queimadas em Humaitá

Chega a 90 o número total de brigadistas formados para atuação em municípios do sul do estado

O município de Humaitá, a 590 quilômetros de Manaus, no sul do Amazonas, passa a contar com 20 brigadistas florestais para apoiar o combate a focos de queimadas. A formação – promovida por meio de parceria entre a Secretaria de Estado do Meio Ambiente (Sema), o Corpo de Bombeiros Militar do Amazonas (CBMAM), a Defesa Civil do Estado e a prefeitura de Humaitá – iniciou dia 18 de junho e foi concluída na terça-feira (22/06).

Humaitá é o quarto município do Amazonas a receber a formação de brigadistas, compondo a lista encabeçada por Lábrea, Manicoré e Novo Aripuanã. Ao todo, são 90 pessoas formadas, apenas neste ano, para atuar na prevenção e combate de focos de calor em suas respectivas localidades, conforme destaca o secretário da Sema, Eduardo Taveira.

“O curso possibilitará aos comunitários atuar na incidência de possíveis queimadas nos municípios, além de agir na prevenção de focos de calor. Essas formações são de extrema importância, principalmente, neste período de estiagem que se inicia, quando o estado fica mais suscetível às ocorrências de queimadas”, disse.

Os novos brigadistas participaram de aulas sobre noções de proteção e Defesa Civil, noções de biodiversidade e educação ambiental, combate a incêndios florestais e atendimento pré-hospitalar, além de atividades práticas para combate ao fogo, técnicas de primeiros socorros, uso de GPS e outros.

Após a conclusão do curso, os participantes estão aptos para atuar como brigadistas na natureza, fazendo desde a orientação até o combate de pequenos focos. O 2º tenente Antônio Júnior, subcomandante de Operações do Comando de Bombeiros do Interior, do Corpo de Bombeiros Militar do Amazonas (CBI/CBMAM), destaca que a ação faz parte da Operação Tamoiotatá.

“A Operação Tamoiotatá, voltada ao combate ao desmatamento e às queimadas ilegais, tem três vertentes. A primeira é a fiscalização do desmatamento, seguida pela formação de brigadistas e o combate aos incêndios florestais. Nós estamos na fase inicial da operação, que está realizando desde abril a fiscalização e, conjuntamente, desde maio, a formação de brigadistas”, pontuou.

O próximo município a receber a capacitação é Apuí, no sul do estado, de 25 a 29 de junho. Canutama e Boca do Acre também estão na lista de cidades que irão receber o treinamento.

FOTO: Divulgação/Sema