As Principais Notícias do Estado do Amazonas estão aqui!

Governo do Amazonas entrega ajuda humanitária para 200 famílias indígenas do Careiro da Várzea

Cestas básicas vão beneficiar moradores de 12 aldeias da etnia Mura

O Governo do Amazonas, por meio da Fundação Estadual do Índio (FEI), entregou, nesta terça-feira (19/05), 200 cestas básicas destinadas a famílias de 12 aldeias indígenas da etnia Mura, localizadas no município de Careiro da Várzea (distante 25 quilômetros de Manaus). A entrega de ajuda humanitária para indígenas faz parte do conjunto de ações que compõe o planejamento do Governo do Estado para o enfrentamento à pandemia do novo coronavírus (Covid-19).

“Temos feito esse trabalho e beneficiado índios de muitas aldeias que estão impedidos de ir à cidade, porque todos precisam ficar nas suas casas nesse momento, pelo risco da contaminação. Essa demanda foi identificada no Comitê Estadual de Crise e nós prontamente atendemos, porque sabemos que é uma necessidade dentro de todas as comunidades”, ressaltou Edivaldo Munduruku, diretor-presidente da FEI, vinculada à Secretaria de Estado de Justiça, Direitos Humanos e Cidadania (Sejusc).

O Governo do Estado fez a aquisição das cestas e a Prefeitura de Careiro da Várzea entrou como parceira na logística de transporte e distribuição para as comunidades.

“Estamos à disposição para colaborar e fazer sempre essas parcerias que resultam em benefícios para toda a comunidade indígena de Careiro da Várzea. Agradeço muito a Deus e ao nosso governador, que trata essas questões com muito carinho; e a todos os envolvidos nessa luta pelo bem-estar do indígena. Isso vai chegar lá, vai ser distribuído dentro de um critério com muita transparência”, frisou Ramiro Gonçalves, prefeito de Careiro da Várzea.

Auxílio – O Governo do Amazonas tem prestado apoio às comunidades indígenas com o envio de alimentos, máscaras de proteção e álcool gel. No último domingo (17/05) foram enviadas outras 200 cestas básicas para famílias indígenas de Atalaia do Norte (a 1.137 quilômetros da capital). No sábado (16/06), famílias da etnia Apurinã, que residem na área da comunidade Campos Sales, zona oeste de Manaus, foram beneficiadas com as doações. As famílias também receberam cestas básicas, máscaras e álcool gel.

O município de São Gabriel da Cachoeira (a 852 quilômetros de Manaus) também foi beneficiado na sexta-feira (15/05). Foram enviados, por embarcação, 2 mil cestas básicas, 5 mil máscaras e mil litros de álcool gel para atender 2 mil famílias de 12 etnias indígenas.

Desde o início da pandemia no Amazonas, foram contempladas aldeias de outros municípios, como Rio Preto da Eva, Iranduba, Manacapuru, Silves, Autazes, Careiro Castanho, Careiro da Várzea, Manaquiri, Santo Antônio do Içá, São Paulo de Olivença, Atalaia do Norte; além da capital Manaus, que tem, ao todo, 54 comunidades indígenas.

As próximas comunidades que devem receber a ajuda humanitária são das regiões dos rios Purus e Madeira, além de áreas do Baixo Amazonas.

Doações – O gestor da Fundação destaca que todos os itens enviados são aquisições feitas pelo Governo do Amazonas, mas que a ajuda da iniciativa privada também é bem-vinda e pode fortalecer o combate ao coronavírus nas aldeias.

“A demanda é muito alta e, por ser uma situação emergencial, toda ajuda é válida. No caso das cestas básicas, temos tentado manter a alimentação mais saudável que é costume dos índios, montando kits com itens como feijão, arroz, macarrão, café, leite, óleo de cozinha, sal, açúcar e biscoito e uma proteína, como peixe ou carne moída. Procuramos evitar, por exemplo, enlatados e refrigerante”, pontuou Edivaldo Munduruku.

Para entrar em contato com a Fundação Estadual do Índio, basta enviar um e-mail para [email protected]

FOTO: Divulgação