Take a fresh look at your lifestyle.

Governo do Amazonas investirá R$ 3 milhões na compra de medicamento para intubação

-publicidade-

A Central de Medicamentos do Amazonas (Cema) definiu a empresa vencedora do edital de chamamento público nº 01.07/2021, aberto no dia 02/02/2021, para viabilizar a compra emergencial de Atracúrio, utilizado na intubação de pacientes com Covid-19. O resultado foi publicado no Diário Oficial do Estado de domingo (14/02).

Ao todo, o Governo do Amazonas investirá R$ R$3.076.800 milhões para a aquisição 155 mil ampolas de Atracúrio, no intuito de garantir o abastecimento do bloqueador neuromuscular nas unidades da rede pública estadual de saúde.

“Nossos farmacêuticos fizeram um amplo levantamento junto aos hospitais, o qual apontou o Atracúrio como o medicamento com maior alta de consumo desde o início da pandemia, com aumento de mais de 18.700%. Por isso iniciamos imediatamente os procedimentos para compra emergencial”, disse o coordenador da Cema, Cláudio Nogueira.

De acordo com ele, a compra será o suficiente para suprir a demanda das unidades administradas pela Secretaria de Estado de Saúde (SES-AM) por dois meses, considerando o consumo médio mensal do medicamento.

Proposta vencedora – A proposta vencedora foi apresentada pela Cristália Produtos Químicos Farmacêuticos LTDA. A empresa fornecerá 100 mil ampolas de Atracúrio 2,5ml, a R$14,95 cada – R$9,88 a menos que o preço do produto na tabela da Câmara de Regulação do Mercado de Medicamentos, da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

As outras 55 mil ampolas são de Atracúrio 5 ml, as quais serão adquiridas ao custo de R$28,76 a unidade – R$18,37 a menos em relação ao preço do produto na tabela CMED.

A entrega do material será por etapas, após a emissão da nota de empenho. A previsão é de que os itens comecem a chegar nos galpões da Cema ainda na segunda quinzena deste mês.

FOTO: Divulgação/Cema

-publicidade-