Take a fresh look at your lifestyle.

Governo do Amazonas lança campanha para incentivar doação de alimentos, fraldas, calçados e redes a vítimas da cheia

-publicidade-

O Governo do Amazonas, por meio da Defesa Civil do Estado, lançou na manhã desta sexta-feira, 27 de fevereiro, a campanha “Governo Solidário: Faça parte dessa corrente também”, que tem a finalidade de arrecadar donativos para as vítimas da cheia nos rios do Estado. Na ocasião do lançamento da campanha, o Fundo de Promoção Social (FPS) e a Secretaria de Estado de Assistência Social (Seas) doaram duas toneladas de alimentos arrecadados em eventos promovidos pelo Governo Estadual.

As doações para a campanha podem ser feitas na sede da Defesa Civil do Estado, na avenida Carvalho Leal, número 1659, bairro Cachoeirinha, zona centro-sul de Manaus. Após identificação das principais necessidades nos locais onde há famílias afetadas pela cheia, a Defesa Civil recomenda a doação de alimentos não perecíveis com prazo de validade de até seis meses, fraldas infantis e geriátricas, redes e sandálias de borracha novas.

Os alimentos doados nesta manhã pelo FPS e Seas foram arrecadados em eventos realizados pelo Governo em parceria com empresas. Dentre as doações, há arroz, feijão e açúcar. De acordo com o coronel Roberto Rocha, comandante do corpo de bombeiros e secretário da defesa Civil, a campanha complementa as ações do Governo no atendimento às vitimas da cheia. “Essa campanha integra as ações do Governo do Amazonas para atender as pessoas vítimas da cheia. Estamos colocando os protocolos normais para este tipo de doações. Contamos que a população dará essa resposta”, disse.

Rocha informou que a meteorologia mostra níveis altos de chuva nas regiões afetadas e que o Estado está preparado para prestar assistência as famílias. “A previsão do Sipam é que no mês de março essas regiões ainda serão afetadas, então há uma preocupação forte e por isso vamos redobrar a atenção. Já estamos trabalhando para o reconhecimento federal desses municípios para que eles tenham mais assistência. Do ponto de vista estadual, todas as medidas estruturantes já foram adotadas”, afirmou.

Ação – Mais de 11 mil famílias já foram afetadas na região do alto Solimões, Juruá, Madeira e Purus e todas já recebem assistência do Governo do Estado, segundo a Defesa Civil do Estado. Ao todo, o Governo Estadual já enviou 105 toneladas de donativos que correspondem a cestas básicas, kit dormitórios com colchões, redes, mosqueteiros, lençóis além de kit de higiene pessoal e purificadores de água.

Estão em situação de emergência os municípios de Itamaraty, Guajará, Ipixuna, Eirunepé, Envira e Canutama. Já os municípios de Tabatinga, São Paulo de Olivença, Santo Antônio do Içá, Tonantins, Benjamin Constant, Humaitá, Boca do Acre estão em estado de alerta e Tapauá entrou e, estado de Atenção devido a cheia.

-publicidade-