As Principais Notícias do Estado do Amazonas estão aqui!

Governo do Amazonas paga indenizações de moradores do Bariri e Igarapé do 40

O pagamento de indenizações está sendo realizado para os moradores do Bariri da Bacia do São Raimundo e do Igarapé do Quarenta no trecho da ruas Silves à Maués que integram as obras do Prosamim_

O Governo do Amazonas, por meio da Superintendência de Habitação (Suhab), realizou, nesta terça-feira (05/11), o pagamento de 33 indenizações de imóveis aos moradores do Bariri e Igarapé do Quarenta, do trecho das ruas Silves e Maués, que integram as Bacias do São Raimundo (BSR) e Educandos, áreas que estão passando por intervenções de obras do Programa Social e Ambiental dos Igarapés de Manaus (Prosamim).

No quarto pagamento realizado pela Suhab foram atendidas 23 famílias do Bariri que aguardavam desde 2009 o atendimento. As outras dez famílias que residem às margens do Igarapé 40 atendidas hoje fazem parte do primeiro pagamento daquela área que receberá obras do Prosamim. Do total dessas 33 famílias, 14 receberam indenizações pelos imóveis, um Bônus-Moradia, 13 Auxílio-Moradia e cinco indenizações de Fundo de Comércio, totalizando nessa ação R$ 1.073.460,60 em recursos.

De acordo com a diretora-presidente, Keilla Cunha, com essas indenizações, as famílias poderão ser remanejadas para locais seguros com a compra de sua casa própria. “Essa celeridade foi um pedido do governador para que essas famílias pudessem ser reassentadas e, assim também as áreas fiquem liberadas o mais breve para execução das obras do Prosamim”, disse a diretora-presidente.

Ao todo já foram atendidas 125 famílias das comunidades do Bariri e Walter Rayol de um total de 184, desde o mês de setembro. Cadastrados em 2009, esses moradores tiveram seus documentos coletados para gerar processos administrativos para chegar nesse momento do pagamento.

No Igarapé do Quarenta, são 999 famílias a serem atendidas pelo Governo. O primeiro pagamento da frente das ruas Silves e Maués beneficiou 10 famílias que já estavam com os processos finalizados. A previsão para o próximo pagamento é 20 de novembro.

A celeridade para a conclusão desses processos de reassentamentos e desapropriações só foi possível graças à força-tarefa do Estado determinada pelo governador Wilson Lima, formada por profissionais (assistentes sociais, engenheiros e advogados) cedidos das Secretarias de Assistência Social (Seas), Infraestrutura e Região Metropolitana de Manaus, Unidade Gestora de Projetos Especiais (UGPE), Fundo de Promoção Social (FPS) e Justiça, Direitos Humanos e Cidadania (Sejusc).

FOTO: DIVULGAÇÃO/SUHAB

você pode gostar também