Amazonas Notícias

Governo do Amazonas realiza reforma do centro cirúrgico do Hospital João Lúcio

HPS Dr. João Lúcio pede ajuda para encontrar familiares de homem internado na unidade

O Governo do Amazonas está realizando a reforma do centro cirúrgico do Hospital e Pronto Socorro (HPS) Dr. João Lúcio Machado, na zona leste de Manaus. A revitalização faz parte de um pacote de obras da Secretaria de Estado da Saúde (SES-AM), com o objetivo de modernizar e melhorar ainda mais a rede hospitalar e os serviços oferecidos à população. As obras estão sendo executadas pela Unidade Gestora de Projetos Especiais (UGPE).

Segundo a secretária de Estado de Saúde, Nayara Maksoud, o investimento é de R$ 1,6 milhão no Hospital João Lúcio, que é referência em neurocirurgia e politrauma. “As obras que estão sendo feitas vão melhorar ainda mais a infraestrutura da unidade e das salas cirúrgicas. São ações que fazem parte do Programa Saúde Amazonas, através do qual o Governo do Estado tem realizado investimentos importantes na rede pública”, afirmou.

De acordo com o secretário da UGPE, Marcellus Campêlo, os trabalhos no Hospital João Lúcio estão sendo realizados por etapas para garantir a continuidade dos atendimentos na unidade. “Nós estamos fazendo a reforma e adequação de salas cirúrgicas e diversos outros ambientes para melhorar a infraestrutura e a capacidade de atendimento aos pacientes”, destacou.

Além das cinco salas cirúrgicas, também estão sendo reformadas as salas de escovação, apoio, circulação, materiais e equipamentos, recuperação pós-anestésica, administração, utilidades, farmácia satélite, transferência, posto/serviço, sala de espera, de macas, arsenal de insumos, plantão, vestuários, sala de estar, plantão enfermagem e plantão médico.

Em março deste ano, a UGPE também entregou a revitalização do espaço administrativo da unidade hospitalar, com o objetivo de proporcionar um ambiente mais funcional e adequado para as atividades administrativas e de capacitação.

O Governo do Amazonas também está realizando obras de revitalização e ampliação no Hospital e Pronto-Socorro (HPS) 28 de Agosto, referência no atendimento de alta complexidade no Estado. O investimento é da ordem de R$ 3,1 milhões.

Entre as principais intervenções que estão sendo realizadas na unidade está a ativação do novo laboratório de análises clínicas, a criação de 20 salas de prescrição e procedimentos, abertura de mais 50 novos leitos, além da reforma do piso do pavimento térreo e do centro cirúrgico do hospital.

Pacote de obras

Em diversas unidades de saúde, segundo Marcellus Campêlo, estão em andamento reformas e serviços de manutenção predial, climatização e melhorias em geral. “Além de reformas mais estruturantes, há um cuidado especial com a manutenção das unidades. São reformas de pisos, telhados, rede elétrica, para evitar que a falta de manutenção ocasione problemas que venham a provocar, por exemplo, o bloqueio de leitos. Na medida em que as obras são concluídas, vão sendo entregues para a SES-AM equipar e reabrir aquele serviço para a população”, disse Campêlo.

É o caso da estruturação do centro cirúrgico e da rede de gases da Fundação Alfredo da Matta, obras finalizadas em janeiro deste ano, e do estacionamento do Instituto da Mulher Dona Lindu, além de serviços na Policlínica Antônio Aleixo, nos SPAs Coroado e Alvorada e na maternidade Azilda Marreiro, todos já concluídos.

Entre os serviços a concluir, em 2024, estão a reforma do Centro de Atenção à Melhor Idade (Caimi) Paulo Lima e a reforma e adequação do espaço onde vai funcionar o novo Centro de Saúde Mental. Além disso, a manutenção dos Serviços de Pronto Atendimento (SPAs) Joventina Dias, Eliameme Mady e São Raimundo, adequação do Hospital Geraldo da Rocha e da Maternidade do Alvorada, adequação e revitalização do Hospital Regional de Humaitá, para receber 10 leitos de UTI.

Outra obra importante, que será entregue ainda em 2024, é o Centro Avançado de Prevenção do Câncer do Colo do Útero (Cepcolu), anexo à Fundação Centro de Controle de Oncologia do Amazonas (FCecon). A unidade funcionará como referência para prevenção ao câncer de colo de útero, doença de alta incidência no Amazonas, e contará com quatro salas cirúrgicas, quatro consultórios, além de anfiteatro para cursos e treinamentos.

FOTOS: Evandro Seixas/SES-AM

Relacioandos