Take a fresh look at your lifestyle.

-publicidade-

Governo do Amazonas revitaliza sistema de proteção e sinalização náutica da Ponte Jornalista Phelippe Daou

O Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado de Infraestrutura e Região Metropolitana de Manaus (Seinfra), deu a ordem de serviço, neste mês de fevereiro, para o início da obra de recuperação e revitalização do sistema de proteção e sinalização náutica da Ponte Jornalista Phelippe Daou.

Também conhecida como Ponte Rio Negro, ela faz a interligação entre a capital, Manaus, e os municípios de Iranduba, Manacapuru e Novo Airão, todos integrantes da Região Metropolitana.

Com investimento de R$ 4.330.000,00, o contrato contempla a colocação de novas placas de sinalização, implantação de novos painéis elétricos, recuperação dos flutuantes de proteção (sistema hidráulico de ancoragem e posicionamento, bem como a pintura e novos batentes de madeira) manutenção dos radares (que orientam grandes embarcações para não colidir com os pilares) e instalação de novas de novas lanternas náuticas.

A realização destes serviços e a demarcação eficaz dos locais de navegação irá proporcionar maior segurança náutica e para a estrutura da própria ponte, reduzindo o risco de colisão de embarcações com os pilares de sustentação (principalmente no vão central) e dando mais segurança ao transporte de mercadorias.

Outro aspecto muito importante proporcionado pela nova sinalização náutica, determinada pelo Governo do Amazonas, está ligado à questão ambiental, por evitar a incidência de desastres ambientais, principalmente devido ao grande número de embarcações transportando combustíveis em direção aos municípios do interior.

Iluminação – A obra de sinalização náutica vem se somar a uma outra já em andamento e não menos importante, que é a de modernização do sistema de iluminação de toda a extensão da ponte, tanto cênica quanto de pista (viária), com a substituição de todas as lâmpadas danificadas e obsoletas.

O contrato de iluminação da ponte contempla a troca dos dispositivos denominados contatores, que são os comandos da via pública e as unidades controladoras automáticas dos refletores da iluminação cênica, no vão central da ponte, além do cabeamento do Serviço de Proteção contra Descargas Atmosféricas, o SPDA, que protege as instalações elétricas e demais componentes eletrônicos instalados na ponte contra raios.

FOTO: Divulgação/Seinfra

-publicidade-