As Principais Notícias do Estado do Amazonas estão aqui!

Governo do Amazonas vai zerar fila de ultrassonografia em Parintins, com o “Amazonas Presente”

Susam já realizou 558 atendimentos no hospital Jofre Cohen e em unidade fluvial do programa

A Secretaria de Estado de Saúde (Susam) realizou, entre segunda-feira (20/05) e a manhã desta quinta-feira (23/5), em Parintins, mais de 558 atendimentos, entre cirurgias de catarata, consultas oftalmológicas e exames de ultrassonografia. As ações integram o programa “Amazonas Presente”, do Governo do Amazonas, que levou esta semana a Parintins, Barreirinha, Boa Vista do Ramos e Nhamundá, um conjunto de serviços para a população.

De acordo com a Susam, 212 exames de ultrassom previstos foram realizados em Parintins até a manhã desta quinta-feira (23/5). “Estamos zerando a fila para este procedimento no município”, disse o secretário Executivo Adjunto de Atenção Especializada do Interior, Cássio Roberto do Espírito Santo.

Ainda segundo o secretário, a meta é realizar 150 cirurgias de catarata e 350 atendimentos de oftalmologia, entre exames oftalmológicos e o pré-operatório de catarata. A média é de 60 consultas oftalmológicas por dia. As cirurgias acontecem no Hospital Regional Jofre Cohen e as consultas e exames na Unidade Básica Fluvial de Fiscalização e de Pesquisa (UBFF).

Na manhã desta quinta-feira (23/5), o governador Wilson Lima visitou a unidade fluvial e o hospital, para acompanhar o mutirão de cirurgias de catarata. “Eu saio daqui muito renovado e feliz tendo a oportunidade enquanto governador de fazer a diferença na vida das pessoas. Gente que estava com a visão praticamente perdida e já sai daqui enxergando, num procedimento que é rápido, pessoas que estão vindo de comunidades e municípios próximos”, destacou.

O governador destacou, ainda, que mesmo quem não tinha procedimento marcado, passou por serviço de triagem no barco e já realizou a cirurgia no hospital. “Então fico muito feliz e certo de que, com o Amazonas Presente, estaremos em todos os municípios do nosso Estado”, declarou Wilson Lima.

Reestruturação da saúde – O governador falou do trabalho mais amplo que está sendo preparado pelo Governo do Estado. “Nós estamos pensando de forma macro, o que nós estamos começando a fazer é uma reestruturação do sistema de saúde no interior do Estado. Nós já fizemos um termo de cooperação com o Estado do Acre e estamos caminhando para fazer também com o Estado do Pará, além de garantir que a rede de Parintins seja ampliada, uma vez que é cidade-polo, isso acaba aumentando a demanda significativamente e a estrutura não comporta isso”, afirmou.

Entre as beneficiadas com o mutirão estava dona Dormecila Fonseca de Souza. “Minha vista esta embaçada, fiz um exame e desde setembro espero por essa cirurgia. Eu viajei para Manaus em abril, procurei fazer por lá, mas o SUS muito lento, disseram que eu tinha que esperar de dois a três meses. Ontem minha irmã falou que estava tendo esse mutirão. Eu vim e graças a Deus eu fiz a minha triagem. Eu agradeço a Deus, isso veio numa boa hora, eu estava precisando e preocupada, minha visão estava muito precária. Sou agente de saúde e estava tendo problema no trabalho”, ressaltou.

O médico oftalmologista Henrique Nossa destaca a importância desse tipo de mutirão. “A cirurgia de catara acontece no mundo todo em grande quantidade, porque a catarata não é doença, é algo que vem com o envelhecimento. Todos nós um dia, depois dos 55 anos, iremos desenvolver a catarata. Um procedimento que dura de sete a 10 minutos. A catarata é um problema de saúde pública em todo o Brasil. Existem mutirões espalhados em todo o Brasil para tentar minimizar esse problema”, explicou o médico.

Agenda – A partir de sexta-feira (24) a embarcação vai para os municípios de Nhamundá (24 e 25/05), Barreirinha (26 e 27/05) e Boa Vista do Ramos (28 e 29/05) para continuação dos atendimentos médicos e outros serviços ofertados pelo Governo.

Nesta sexta, o governador Wilson Lima visita o Hospital Coronel Pedro Macedo em Nhamundá. A unidade é de gestão plena e recebe recursos do Fundo Nacional de Saúde. A Susam co-financia recursos para manutenção do hospital e despesas como energia elétrica, gás, pagamentos de pessoal, além de enviar medicamentos e insumos via Central de Medicamentos do Amazonas (Cema). A gestão do hospital é de responsabilidade da prefeitura do município que contrata profissionais de saúde e indica o diretor da unidade

Outros serviços – A UBFF está equipada com consultórios para atendimento em oftalmologia e realização de exames de ultrassom. A embarcação pertence ao Instituto de Pesos e Medidas do Amazonas (IPEM-AM), que também levará a Parintins serviços prestados de forma itinerante, como os de metrologia e conformidade. A população também receberá serviços prestados por outras secretarias, como atendimentos relacionados à defesa do consumidor, ofertados pelo Procon-AM, processo de licenciamento de veículo e habilitação, incluindo atendimento médico-psicológico pelo Detran-AM e a Sejusc vai oferecer emissão de RG (1ª e 2ª vias); 2ª via de registro civil; reprografia; fotografia e plastificação.

Foto: Herick Pereira e Diego Peres/Secom

você pode gostar também