As Principais Notícias do Estado do Amazonas estão aqui!

Governo do Estado avança em nova fase da construção da Estação de Tratamento de Esgoto de Educandos

O Governo do Estado, por meio da Unidade Gestora de Projetos Especiais (UGPE), instalou, nesta terça-feira (06/08), uma Planta de Tratamento Preliminar móvel (PTP) no terreno onde está sendo construída a Estação de Tratamento de Esgoto (ETE), no bairro do Educandos, zona sul de Manaus. A instalação da PTP móvel faz parte da nova fase da construção da ETE Educandos com o objetivo de realizar o tratamento temporário dos resíduos provenientes das residências até a conclusão das obras da ETE.

A ETE Educandos é uma obra do Programa Social e Ambiental dos Igarapés de Manaus (Prosamim) e está sendo construída no mesmo terreno onde já existia uma Estação de Pré-Condicionamento (EPC) na década de 1970. Após a fase de demolição da antiga EPC, foi necessária a instalação de uma Planta de Tratamento Preliminar (PTP), garantindo a sustentabilidade necessária e condições adequadas para que o rio Negro receba esses resíduos tratados.

O coordenador executivo da UGPE, Marcellus Campêlo, afirma que a ETE Educandos possui tecnologia para realizar o tratamento eficaz do esgoto e que as medidas adotadas servem para garantir a boa execução dos serviços na cidade.

“Essa Planta de Tratamento Preliminar hoje tem autonomia para tratar cerca de 200 litros de esgoto por segundo e, posteriormente, com a conclusão da obra, poderá tratar quatro vezes mais. Essa estrutura da ETE Educandos vai trazer inúmeros benefícios para a vida de nossa população. Estamos executando uma obra que vai colaborar para um bom tratamento de esgoto e, consequentemente, para a preservação do meio ambiente”, explicou.

Obras de Saneamento Básico – O sistema de esgoto é composto pelas redes de coleta, que são interligadas nas residências, e tem como destino inicial as seis elevatórias de esgoto distribuídas nos principais bairros das zonas sul e oeste. Essas elevatórias são responsáveis pelo envio do efluente até seu destino final, que será a Estação de Tratamento de Esgoto de Educandos (ETE).

A rede de esgotamento que está sendo construída terá um total de 24 quilômetros de rede de esgoto. A execução da obra já ultrapassa os 90%, o que representa a construção de 21 quilômetros da rede.

As seis estações elevatórias de esgoto, sendo três na margem direita e três na margem esquerda do rio Negro, serão responsáveis por receber os resíduos das redes de coleta dos esgotos das residências. Essas elevatórias são compostas por modernas bombas que farão o bombeamento desses efluentes até o destino final, a Estação de Tratamento de Esgoto (ETE).

FOTO: Tiago Corrêa/UGPE

você pode gostar também