As Principais Notícias do Estado do Amazonas estão aqui!

Governo do Estado leva para Anamã balsa com uma mega-estação de tratamento de água

O Governo do Estado, por meio da Defesa Civil do Amazonas, realizou, nesta quarta-feira (19/06), a entrega da ajuda humanitária e balsa com a estação móvel de tratamento de água potável capaz de purificar até 100 mil litros de água ao dia. Esses purificadores fazem parte do projeto Salta-Z, uma inovação que o Governo do Amazonas apresentou neste ano, em nome da economia e rapidez na resposta à população do interior que tanto precisa de água potável.

A grande preocupação é levar uma melhor qualidade de vida às populações do interior e, principalmente, contribuir para a redução de doenças provenientes do consumo de água não potável por parte dos moradores.

Participaram da solenidade de entrega da ajuda humanitária o prefeito do município Chico do Belo, o tenente-coronel BM Clóvis Junior, secretário adjunto da Defesa Civil do Amazonas; Cássio Roberto, secretário executivo adjunto de Atenção Especializada ao Interior; Cristiano Fernandes, diretor técnico da Fundação de Vigilância e Saúde do Estado do Amazonas (FVS-AM), e autoridades locais.

Para o prefeito de Anamã, Chico do Belo, o sentimento é de gratidão. “Essa ajuda do governo é muito boa para o município para a sociedade, nesse momento de crise, nesse momento de cheia onde todos estão com dificuldades. O projeto Salta-Z é muito bom devido à necessidade da água, a equipe da vigilância sanitária e da Defesa Civil estão de parabéns. O governador dispôs todas as secretarias para atender o município”.

Em Anamã, na calha do Baixo Solimões, de acordo com relatório da Defesa Civil do Amazonas, um total de 8.800 pessoas foram afetadas, 2.200 foram famílias atingidas, 34 pessoas estão desabrigadas, 126 pessoas estão desalojadas e 40 pessoas estão enfermas.

Estão sendo distribuídos os seguintes suprimentos referentes à ajuda humanitária às famílias afetadas pela enchente: 1.057 cestas básicas, 2.729 kits higiene, 225 kits dormitórios, 683 kits limpeza, 65 colchões, 65 jogos de cama, 65 travesseiros e uma grande estrutura montada em uma balsa com 24 caixas d’água cada uma de 5 mil litros.

Para o tenente-coronel BM Clóvis Junior, secretário adjunto da Defesa Civil do Amazonas “é muito gratificante para a Defesa Civil, em nome do secretário executivo Francisco Máximo, e, principalmente, do governador do Estado, que tem somado todos os esforços, reunido todas as secretarias para dar uma resposta com qualidade, uma resposta rápida ao povo do interior que tanto precisa. Aqui em Anamã mais uma etapa foi cumprida mais uma missão foi executada da melhor forma”.

Balsa leva saúde aos moradores de Anamã – A Secretaria de Saúde, a Defesa Civil do Amazonas, a Fundação de Vigilância e Saúde (FVS-AM) e demais secretarias parceiras vêm fazendo um trabalho especial para atender as demandas da população do município. Como a unidade hospitalar que funciona na cidade ficou totalmente submersa, a Secretaria de Saúde enviou uma balsa que está auxiliando no atendimento da população, realizando todos os atendimentos necessários que vão da emergência, internação, enfermaria, vacinação, entrega de medicamentos e consultas em geral.

O secretário executivo adjunto de Atenção Especializada ao Interior, Cássio Roberto, destacou que “já ocorreram dois partos dentro da unidade e uma pequena cirurgia, isso para atender as demandas da população. E apesar de todo o impacto da cheia e de todas as situações que o município vem passando, a gente vem dando continuidade nos serviços de saúde. Isso é o mais importante para essas populações e no Amazonas temos que entender que precisamos ter muita criatividade para lidar com as adversidades vividas pelos ribeirinhos”.

Atuação da FVS-AM em Anamã – Diante da situação de emergência em que se encontra o município, a Fundação de Vigilância em Saúde e outras secretarias estaduais, sob a coordenação da Defesa Civil Estadual, organizaram uma força-tarefa para viagem ao município de Anamã, com objetivo de elaborar e implementar, em parceria com a gestão municipal, ações mitigadoras dos riscos ocasionados pela situação de cheia.

A FVS indicou para esta força-tarefa, 4 técnicos especialistas em diferentes áreas de atuação: Sanitarista, Médico Veterinário, Agente de Controle de Endemias e Fiscal Sanitário.

“São ações e medidas necessárias que visam fortalecer as ações e envolvem a distribuição de hipoclorito para garantir a desinfecção da água para consumo humano que é extremamente importante evitando o aumento de ocorrências de transmissão de doenças por via hídrica, paralelo a isso o município está sendo abastecido com soroterápicos principalmente relacionado ao aumento de ocorrências de acidentes com animais peçonhentos. Essa é uma preocupação principalmente neste período da cheia e que Anamã vem enfrentando”, ressaltou Cristiano Fernandes, diretor técnico da Fundação de Vigilância e Saúde do Estado do Amazonas (FVS-AM).

FOTO: BRUNO ZANARDO/SECOM

você pode gostar também