Amazonas Notícias

Grupo Ostinatos apresenta ‘Modinhas brasileiras’ na Galeria do Largo

Show acontecerá no dia 27 de janeiro, com entrada gratuita

Uma seleção de músicas do tempo do Brasil Colonial, com um toque de modernidade. Assim será o show “Modinhas brasileiras”, que o Grupo Ostinatos apresentará no dia 27 de janeiro, no Centro de Artes Visuais Galeria do Largo. O evento, que tem apoio da Secretaria de Estado de Cultura (SEC), começará às 18h e terá entrada gratuita.

De acordo com o violonista Ailton de Freitas, “Modinhas brasileiras” será um concerto didático. “Vamos apresentar músicas do período colonial brasileiro, com modinhas e lundus, por isso, vamos fazer um concerto didático, com uma introdução sobre o estilo e sobre as canções escolhidas”, comenta.

Ailton conta que a ideia do grupo é fazer um resgate do estilo musical. “Essas músicas são de domínio popular. As pessoas já ouviram muitas dessas canções, mas, na atualidade, elas são tocadas raramente. A ideia da nossa apresentação é resgatar um bem imaterial que faz parte da história da música brasileira”, afirma.

Com duração de uma hora, a apresentação vai reunir canções como “Acaso são estes”, “Pelo amor de Deus”, “Moda Carioca”, “Se essa rua fosse minha”, “Malandrinha”, “Mulata”, “Isto é bom”, “Xula Carioca”, “Graças aos céus de vadios”, “Quem sabe?”, “Lá no Largo da Serra” e “Terezinha de Jesus”.

O Grupo Ostinatos é formado por cantores oriundos do Grupo Vocal do Coral do Amazonas (GVCA) e de instrumentistas com formação em música popular e erudita. No show “Modinhas brasileiras”, a parte vocal será composta por Izabel Barros (Soprano, primeira voz e contra canto), Lourenzo Senna (vocal masculino, Tenor), Lia Pimentel (Soprano, primeira voz) e Jessyca Paiva (Soprano); já a instrumental será formada por Ailton de Freitas (violão), Ruben Levi (violão), Márcio Costa (cavaquinho), Eliberto Barroncas (pandeiro) e Adalberto Holanda (violino).

FOTOS: Michael Dantas/SEC

Relacioandos