Take a fresh look at your lifestyle.

-publicidade-

Homem condenado a mais 10 anos por abusar sexualmente de ex-enteada é preso

O 1° Distrito Integrado de Polícia (DIP) cumpriu, na manhã desta quinta-feira (22/04), por volta das 10h, mandado de prisão em razão de sentença condenatória em nome de um homem de 34 anos, que abusou sexualmente de sua ex-enteada, em 2008. Na época do crime, ela tinha 11 anos. A prisão ocorreu no Conjunto Vieiralves, bairro Nossa Senhora das Graças, zona centro-sul da capital.

De acordo com o delegado Marcos Arruda, titular da unidade policial, naquele ano, o indivíduo era padrasto da menina e aproveitou a ocasião para consumar o crime na casa onde moravam. A vítima relatou ao pai que os abusos estavam ocorrendo e, após isso, as investigações em torno do caso iniciaram, sendo constatado o ato criminoso.

“Na época em que o crime ocorreu, a menor pediu ao pai para passar as festas de fim de ano com ele, e lhe contou o que o ex-padrasto vinha fazendo. Com isso, a família deu início aos procedimentos para investigação. Foi verificada a veracidade dos fatos e hoje, após a condenação, conseguimos efetuar a prisão do autor. Um trabalho exitoso que foi resultado de uma investigação inteligente da equipe do 1°DIP”, contou Arruda.

A condenação do homem foi decretada no dia 13 de abril deste ano, pelo juiz Ian Andrezzo Dutra, da 1ª Vara Especializada em Crimes contra Dignidade Sexual de Crianças e Adolescentes. Sendo assim, as equipes seguiram em diligências e conseguiram efetuar a prisão dele, em seu local de trabalho, no Conjunto Vieiralves.

Procedimentos – O homem foi condenado a 10 anos e seis de reclusão em regime fechado, pelo crime de atentado violento ao pudor com presunção de violência e, após os procedimentos cabíveis, será encaminhado à Central de Recebimento e Triagem (CRT), onde ficará à disposição da Justiça.

FOTO: Erlon Rodrigues/PC-AM.

-publicidade-