Homem condenado por homicídio de gerente de restaurante é capturado pela polícia

A equipe de investigação do 12° Distrito Integrado de Polícia (DIP) , localizado no bairro Flores, zona centro-sul de Manaus cumpriu na manhã de segunda-feira (15/10), por volta das 11h, mandado de prisão, em razão de sentença condenatória por homicídio, em desfavor de Cristiano Monteiro de Melo, 40 anos de idade.

De acordo com o delegado Raul Augusto Neto, o homem é autor do homicídio do gerente de restaurante João Nunes de Souza, ocorrido no dia 17 de abril de 2011. A vítima tinha 52 anos. A equipe do 12° DIP chegou até Cristiano após receber denúncia anônima, informando a localização do infrator. Ao longo das diligências, os policiais civis prenderam Cristiano na casa de familiares, na rua Leopoldo Péres, bairro Petrópolis, zona sul da capital. “Esse crime aconteceu na rua Saciara, bairro Cidade Nova, zona norte da capital, após uma discussão no trânsito. Na época, Cristiano desceu do furgão que estava conduzindo e agrediu fisicamente a vítima, com socos e chutes. Após as agressões, o infrator retornou para o veículo e atropelou João, ocasionando a morte do gerente”, explicou Raul Neto.

O mandado de prisão, por sentença condenatória, foi expedido no dia 28 de setembro deste ano, pelo juiz Roberto Santos Taketomi, da 1ª Vara do Tribunal do Júri. Ao término dos procedimentos cabíveis no 12° DIP, o homem será levado ao Complexo Penitenciário Anísio Jobim (Compaj), onde irá permanecer à disposição da Justiça.

FOTO: DIVULGAÇÃO /ASSIMP-PC-AM