Homem é preso por atacar casal com golpes de terçado e faca

A 31ª Delegacia Interativa de Polícia (DIP), situada em Iranduba prendeu no início da tarde desta segunda-feira (29/10), por volta de meio-dia, Ronildo da Silva Nunes, 32, denunciado por atacar um casal com golpes de terçado e faca, naquele município, distante 27 quilômetros em linha reta da capital. As informações são da delegada Sylvia Laureana, titular da unidade policial.

De acordo com a autoridade policial, o crime aconteceu na madrugada desta segunda-feira (29/10), por volta das 5h, em um dos cômodos da casa onde o infrator morava, juntamente com as vítimas, um homem de 32 anos e a companheira dele, uma mulher de 44 anos. Conforme Laureana, na noite anterior ao delito, as vítimas e Ronildo haviam discutido, o que acabou motivando o crime.

“Após o recebimento de denúncias, informando que o infrator foi visto em uma área de mata fechada, nas imediações do quilômetro cinco da Rodovia Estadual AM-070, conhecida como Rodovia Manoel Urbano, nos deslocamos até o lugar indicado, onde encontramos o transgressor escondido no lugar. Conduzido à unidade policial, o homem confessou o crime e disse, ainda, que utilizou uma faca, um terçado e pedaços de pau para praticar o crime”, explicou a delegada.
Segundo a titular da 31ª DIP, após o ataque, as vítimas caminharam cerca de cinco quilômetros, na tentativa de pedirem socorro para moradores das proximidades. O casal foi socorrido e levado ao Hospital Regional Hilda Freire, em Iranduba. No local as vítimas receberam os primeiros socorros, até serem transferidas para uma unidade hospitalar em Manaus, onde estão internadas.

Ronildo foi autuado em flagrante por tentativa de homicídio. Ao término dos procedimentos cabíveis na unidade policial, ele será levado ao Centro de Detenção Provisória Masculino (CDPM), onde irá permanecer à disposição da Justiça. “As investigações em torno do caso continuam em andamento, a fim de esclarecer se houve a participação de outras pessoas no delito”, concluiu Sylvia Laureana.

FOTO: Divulgação / Assessoria de Imprensa da Polícia Civil do Estado do Amazonas.