José Maria Oliveira da Silva, de 38 anos, está desaparecido desde a manhã do dia 2 de julho deste ano. De acordo com a irmã dele, Maria José de Oliveira, o homem foi visto pela última por seu padrasto quando estava saindo da casa da mãe, na rua Iepe, bairro Novo Aleixo, zona norte da capital. José Maria disse que iria a Casa do Albergado, estabelecimento de segurança mínima destinado ao cumprimento de penas em regime aberto, onde o mesmo teria que ir mensalmente assinar a frequência.

As informações são da Delegacia Especializada de Ordem Política e Social (Deops).

Na última vez em que foi visto, José estava trajando uma bermuda jeans desbotada, camisa de manga comprida com listras pequenas, nas cores branco e azul. Ele possuí duas tatuagens, sendo uma no braço esquerdo escrito “traços de um rapaz” e outra no antebraço esquerdo, descrito “JM”.

Quem puder colaborar com informações sobre o caso, entrar em contato com os servidores da Deops pelo número: (92) 3214-2268. Para falar com os familiares do desaparecido, ligar para os números: (92) 99146-6529 ou 99415-9129.

A Deops está situada nas dependências da Delegacia Geral, localizada na avenida Pedro Teixeira, nº 180, bairro Dom Pedro, em frente ao Centro de Convenções Professor Gilberto Mestrinho (Sambódromo), zona centro-oeste da cidade.

FOTO: Divulgação / PC-AM.