As Principais Notícias do Estado do Amazonas estão aqui!

Homem que assumiu ter matado engenheiro Flávio Rodrigues pede para ir para prisão

Mayc Vinicius Teixeira Parede que confessou ter matado o engenheiro Flávio Rodrigues dos Santos, pediu para ser levado para uma unidade prisional de Manaus. A informação é da defesa e foi divulgada nesta segunda-feira (14). O advogado do suspeito, Josemar Berçot, afirma que o acusado “teme pela vida” e o pedido de transferência considera as condições de segurança da delegacia onde o suspeito está preso. As informações são do G1 da Globo.

O cliente, segundo Berçot, divide uma cela na Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) com outros dois presos. Segundo ele, a medida contraria uma decisão da 2ª Vara do Tribunal do Júri da Comarca de Manaus.

“Ele [Mayc] teme pela vida dele. Tem uma ordem expressa da [juíza] Ana Paula. Eu fiz um primeiro pedido solicitando proteção da vida dele. Ela deu uma ordem expressa para que ele ficasse em uma cela isolada (…) E quando eu fui visitá-lo essa semana eu descobri que ele estava em uma cela com dois caras de [um grupo criminoso]. Ele passou a temer pela vida dele ali e, na nossa opinião, ele não está seguro naquele local”, disse ao G1.

A Polícia Civil não se pronunciou sobre a afirmação.

O pedido de transferência foi realizado nesta segunda-feira (14), segundo a defesa e deve ser analisado pela juíza Ana Paula de Medeiros Braga, da 2ª Vara do Tribunal do Júri. A sugestão dos advogados é que Mayc seja conduzido para o Centro de Detenção Provisória Masculino 2 (CDPM 2) ou para o Comando de Policiamento Especializado (CPE).

Entenda o caso

Delegacia de Homicídios deve pedir prorrogação do prazo para conclusão do inquérito da morte de Flávio Rodrigues