O Comando Militar da Amazônia informa que imediatamente após o confronto com traficantes ocorrido na noite do dia 05 de janeiro, empregou tropa de buscas região da sede do Pelotão, com o objetivo de tentar localizar os criminosos que haviam se evadido do local. Na tarde deste sábado, 06 de janeiro, os militares encontraram um homem, que efetuou disparos de arma contra a tropa, colocando em risco a integridade física dos militares, que responderam em legítima defesa e mataram o suspeito. O criminoso não possuía nenhum tipo de identificação. O corpo já foi encaminhado para o Hospital da Guarnição de Tabatinga para os procedimentos legais.

O Comando Militar da Amazônia informa ainda que já deu início ao procedimento investigatório para apurar as circunstâncias dos fatos.

Somente nos cinco primeiros dias do ano, na área de responsabilidade do Comando Militar da Amazônia, as atividades de combate aos ilícitos transfronteiriços geraram prejuízo ao narcotráfico de cerca de R$ 18 milhões de reais, favorecendo assim a sociedade brasileira.

 

Entenda o caso 

O Comando de Fronteira Solimões/8° Batalhão de Infantaria de Selva, por meio do 3° Pelotão Especial de Fronteira – Vila Bittencourt, apreendeu 1.200 kg de Skank em uma embarcação na calha do rio Japurá.

Por volta das 22h do dia 05 de janeiro, integrantes do 3º PEF realizaram a interceptação de uma embarcação colombiana que estava descendo o rio. Procurando evitar a abordagem para a fiscalização, os traficantes realizaram disparos contra a tropa brasileira e tentaram fugir rio abaixo. Depois de vasculhamento, a embarcação foi encontrada abandonada contendo cerca de 1200 kg de entorpecentes. No confronto, dois militares do Exército Brasileiro foram feridos com maior gravidade, sendo evacuados para Tabatinga onde foram hospitalizados e não correm risco de morte.

O Comando Militar da Amazônia informa que está sendo aberto um Inquérito Policial Militar (IPM) para apurar as circunstâncias dos fatos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here