Take a fresh look at your lifestyle.

Homem que atitou no rosto do Delegado Péricles é condenado a 12 anos de prisão

Péricles teve de ser transferido para São Paulo para eliminar qualquer risco de morte

-publicidade-

Adriano Lima de Almeida, o ´Maçarico, acusado de atirar no rosto deputado estadual Delegado Péricles (PSL), no dia 8 de outubro de 2017, durante ação policial, foi condenado, na tarde desta quarta-feira (27), a 12 anos e 8 meses. A pena é por tentativa de homicídio qualificado praticado contra agente de segurança pública no exercício da função. Péricles esteve, ainda na manhã desta quarta-feira (27) no 3º Tribunal do Júri, Fórum Henoch Reis, Aleixo, para prestar depoimento sobre o dia do acontecimento.

O deputado estadual, que na época exercia o cargo de titular da Delegacia Especializada em Roubos, Furtos de Veículos (Derfv), foi vítima de tiro no rosto enquanto comandava operação policial, na invasão Carlinhos da Carbrás, Loteamento Parque São Pedro, Tarumã. Cliffer Lourival, outro acusado de atirar contra o delegado, morreu ainda no dia 9 de outubro, durante troca de tiros com policiais.

Na época, após ser submetido a procedimentos cirúrgicos na capital amazonense, Péricles teve de ser transferido para São Paulo, afim de eliminar total risco de morte e de maiores sequelas decorrentes do ocorrido.

-publicidade-