Amazonas Notícias

Homem que estuprou a própria filha é condenado a 20 anos de prisão

Foto: MPAM Itamarati

Nesta quarta-feira (16), um homem foi condenado a 20 anos de prisão por estuprar a própria filha, em Itamarati, Amazonas. O crime foi denunciado pela vítima em 2019 e acontecia desde que ela tinha nove anos.

O Ministério Público do Estado do Amazonas (MPAM) informa que uma ação civil foi ajuizada em 8 de fevereiro, e dava conta de que o réu se aproveitava dos momentos em que a vítima estava sozinha em casa para cometer os abusos sexuais.

Em 2019, a jovem decidiu denunciar os abusos para uma tia, que levou o caso para o Centro de Referência de Assistência Social (CREAS). Na época, o réu chegou a pedir que a mãe da vítima retirasse a queixa e ameaçou a criança de morte.

A sentença que condenou o homem aos 20 anos de prisão foi tomada pelo Judiciário do município de Itamarati.

Relacioandos