As Principais Notícias do Estado do Amazonas estão aqui!

Homem que matou o próprio avô para roubar R$ 600 é preso no Amazonas

Policiais civis da 35ª Delegacia Interativa de Polícia (DIP) do Careiro da Várzea cumpriram mandado de prisão temporária, nesta sexta-feira (19/06), por volta das 10h, em nome de Genildo Monteiro das Neves, de 26 anos, investigado pelo latrocínio do próprio avô, Manoel Justino da Silva, que tinha 79 anos. O crime ocorreu na madrugada deste domingo (15/06), por volta das 3h, na Comunidade Gutierrez, situada naquele município.

A ação policial teve o comando do delegado David Jordão, titular da 35ª DIP. Na ocasião do crime, o idoso teria sido morto com uma facada na região do pescoço. A autoridade policial destacou também que, durante o delito, foram subtraídos R$ 600 da residência da vítima e que não havia sinais de arrombamento no local.

“No decorrer das diligências, os indícios apontaram que o crime teria sido cometido por alguém próximo à vítima; no caso, o próprio neto. Desta forma, nós ingressamos com o mandado de prisão em nome de Genildo, que foi expedido nesta quinta-feira (18/06), pela juíza Fabiola de Souza Bastos Silva, da Comarca do Careiro da Várzea”, explicou o titular da 35ª DIP.

Prisão – Conforme Jordão, a ordem judicial em nome do indivíduo foi cumprida na sede da Delegacia Geral (DG), em Manaus. “Como Genildo estava com receio da revolta popular, caso comparecesse na unidade policial do Careiro da Várzea, nós negociamos com a defesa do indivíduo, para que ele se entregasse no prédio da DG, onde nós o aguardamos”, afirmou o delegado.

Procedimentos – O investigado foi indiciado por latrocínio. Após os procedimentos, que serão realizados na Delegacia Especializada em Capturas e Polinter (DECP), ele será encaminhado para a Central de Recebimento e Triagem (CRT), onde ficará à disposição da Justiça.

FOTO: Divulgação/ PC-AM