As Principais Notícias do Estado do Amazonas estão aqui!

IBGE aponta aumento na exportação e abate de suínos no 3º trimestre

A exportação de suínos no Brasil apresentou um aumento no terceiro trimestre deste ano. Segundo dados do IBGE divulgados nesta quinta-feira (14), mais de 160 mil toneladas do produto foram vendidas para outros países. A marca representa um aumento de 14,2% em relação ao trimestre anterior, com um faturamento de mais de US$ 392 milhões.

Segundo dados da Confederação de Agricultura e Pecuária (CNA), a exportação de carne suína se manteve estável, com mais de 810 mil de toneladas em 2017, gerando uma receita de US$ 1,7 bilhões. Ao todo, a produção de carne suína passou dos 3,7 milhões de toneladas.

O principal comprador da carne suína brasileira foi a Rússia, que adquiriu 44,4% de todo o volume produzido. De acordo com a CNA, a demanda do país europeu foi um dos fatores responsáveis para amenizar os resultados negativos do setor de carne, que em 2017 sofreu queda no preço com a operação Carne Fraca e a delação da JBS

Como consequência da alta nas vendas estrangeiras, mais de 11 milhões de suínos foram abatidos no Brasil para exportação no terceiro trimestre deste ano. Essa é a maior marca em 20 anos, período em que o desempenho do setor passou a ser observado e registrado pelo IBGE. No comparativo com o trimestre anterior, o abate aumentou 3,9%. Também houve aumento com relação ao mesmo período do ano passado, uma diferença de 2,9%.

O IBGE ainda divulgou dados relacionados ao abate de carne bovina e aves, que também tiveram resultados positivos. Segundo o levantamento, no terceiro trimestre deste ano, 7,98 milhões de cabeças de boi foram abatidas, uma alta de 7,6% em relação ao trimestre anterior e 9% no comparativo com o mesmo período no ano passado.

Já no setor de aves, foram abatidos mais de 1,47 bilhão de animais, um crescimento de 3,35% em relação ao trimestre anterior. No comparativo com o mesmo período de 2016, se manteve praticamente estável, com um aumento de apenas 0,1%

Reportagem, Raphael Costa

você pode gostar também