Take a fresh look at your lifestyle.

Idam capacita agricultores para produção de alimentos orgânicos

-publicidade-

Para ampliar a produção de alimentos orgânicos e apoiar os agricultores familiares no processo de cultivo, o Governo do Amazonas, por meio do escritório do Instituto de Desenvolvimento Agropecuário e Florestal Sustentável do Estado do Amazonas (Idam) do Careiro da Várzea, realizou, na última semana, o curso sobre Agroecologia e Sistema Orgânico de Produção Agropecuária. A capacitação foi realizada na comunidade Peniel do Areal, localizada no km 5, ramal do Cobra.

Mais de 30 agricultores familiares das Associações de Produtores Orgânicos Renascer e Maná participaram do curso, com aulas teóricas e práticas, conduzido pelo gerente de Apoio à Agroecologia e Produção Orgânica do Idam, Mário Ono. Na ocasião, os participantes aprenderam sobre as práticas de manejo agroecológicas, uso e manejo de defensivos, controle alternativo de pragas e doenças, assim como informações sobre as ações voltadas ao Projeto Prioritário de Agroecologia e Produção Orgânica.

Segundo Mário Ono, a iniciativa além de proporcionar um mercado promissor ainda promove a independência dos agricultores, visto que são utilizados recursos locais para produção de grande parte dos insumos na unidade familiar. “Outra estratégia que contribui para a autossuficiência da propriedade agrícola é a valorização e o estímulo dos agricultores em praticar uma agricultura inspirada nos processos da vida, imitando a natureza, introduzindo os princípios e dinâmicas ecológicas nos sistemas produtivos que ajudam a reduzir o custo de produção”, explicou.

De acordo com a gerente da Unidade Local do Idam em Careiro da Várzea, Alcelene Salerno, os agricultores têm buscado cada vez mais capacitação na produção de orgânicos, principalmente pelo aumento na demanda do produto no mercado. “Nesse curso, capacitamos agricultores que já trabalham na atividade e também jovens agricultores que estão iniciando na área. Precisamos aumentar a produção para alcançar novos mercados, e a proximidade de Careiro da Várzea da capital Manaus vem facilitando a comercialização dos alimentos”, disse.

Para o agricultor Samuel Corrêa Simião, 19 anos, o mais importante desse curso é saber o quanto a agricultura orgânica é importante. “O Quanto a gente ganha e oferece de benefício a longo prazo para a natureza e para nós mesmos. Com a ajuda da natureza conseguimos produzir nossos próprios adubos sem agredir o meio ambiente”, ressaltou.

FOTO: Divulgação/Idam

-publicidade-