O Instituto de Desenvolvimento Agropecuário e Florestal Sustentável do Estado do Amazonas (Idam) realizou uma visita técnica à Usina de Beneficiamento da Castanha de Beruri, administrada pela Associação dos Agropecuários do município. As atividades iniciaram na última quarta-feira (22/05) e encerram nesta sexta-feira (24/05).

A visita faz parte da atividade intermódulo do Programa de Capacitação em Gestão para Técnicos de Assistência Técnica e Extensão Rural (Ater), realizado no âmbito do Projeto Mercados Verdes e Consumo Sustentável, da Agência de Cooperação Alemã (Deutsche Gesellschaft für Internationale Zusammenarbeit, ou GIZ).

A chefe do Departamento de Assistência Técnica e Extensão Florestal (Datef) do Idam, Nadiele Pereira Pacheco, e a supervisora da Agência Amazonense de Desenvolvimento Econômico e Social (Aades), Rosiele Vasconcelos, participam da ação ao longo desses dias.

De acordo com Nadiele Pacheco, o programa de capacitação terá duração de 10 meses e tem como objetivo aprofundar os conhecimentos sobre as áreas funcionais do programa Ater Mais Gestão.

O plano visa ainda capacitar técnicos de Ater em qualificação dos sistemas de gestão e de acesso aos mercados das organizações produtivas de agricultores familiares, povos e comunidades tradicionais, e micro e pequenas empresas.

Segundo a chefe do Datef, o programa oferecerá 30 vagas para técnicos que assessoram diretamente essas organizações produtivas, e cinco técnicos do Idam já participam do programa. As atividades do próximo módulo acontecem na primeira semana de junho.