Amazonas Notícias

Idosas são presas por suspeita de fraude em benefícios do INSS em operação da Polícia Civil

Duas idosas, de 66 e 78 anos, foram presas pela Polícia Civil sob suspeita de integrar um grupo criminoso especializado em fraudes contra o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). A operação resultou na detenção de outras duas pessoas, após a descoberta do uso de documentos falsos para saques em agências bancárias.

O esquema foi desvendado quando uma idosa de 66 anos tentou realizar um saque com documentos falsificados em uma agência bancária local. A desconfiança dos funcionários, que notaram inconsistências nos documentos, levou à intervenção da Polícia Civil. Durante a abordagem, a idosa foi encontrada com documentos falsos e R$ 4,4 mil em dinheiro, junto com uma mulher de 40 anos e um jovem de 25 anos, todos do município de Trindade.

A investigação também revelou que a idosa de 78 anos havia sacado R$ 2,8 mil em Urutaí usando documentos falsos. As prisões em flagrante foram realizadas em Orizona, e os suspeitos foram autuados por estelionato e associação criminosa. O delegado João Oliveira destacou a importância da colaboração dos funcionários bancários na operação.

A investigação continua para identificar outros possíveis envolvidos e a extensão dos golpes aplicados pelo grupo.

Relacioandos