Take a fresh look at your lifestyle.

-publicidade-

Igarapé de Manaus ganha iluminação a LED na Redenção

Os moradores do igarapé do Gigante, localizado no bairro Redenção, na zona Centro-Oeste, receberam na noite desta sexta-feira, 23/4, a instalação de 45 pontos de iluminação a LED em toda a extensão do igarapé, que corresponde a quase dois quilômetros. Os serviços, executados pela concessionária Manausluz, estão sendo fiscalizados pela Prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminf). A ação faz parte do projeto “Ilumina Manaus”, criado pelo prefeito David Almeida, que prevê a instalação de novos pontos de iluminação de LED por toda a capital.

De acordo com o diretor da Unidade Gestora Municipal de Abastecimento de Energia Elétrica (UGPM Energia e Água/Seminf), Robson Goiabeira, as equipes têm trabalhado diuturnamente na fiscalização desse projeto, para garantir que seja cumprido com qualidade, a fim de que Manaus não tenha mais luzes apagadas, conforme as determinações do prefeito David Almeida e do vice-prefeito e secretário da Seminf, Marcos Rotta.

“Nós inspecionamos a instalação de 45 lâmpadas de LED de 50 watts, mais a instalação de 45 roldanas e da extensão da rede de baixa tensão, para atender as adequações necessárias às redes de iluminação pública. As zonas mais afastadas da capital careciam de iluminação, e foi uma determinação do prefeito garantirmos que o serviço chegue a quem mais precisa”, destacou o Robson Goiabeira.

Para Mário José, morador do igarapé há 40 anos, a melhoria da iluminação de LED é um sonho antigo de mais de 300 famílias, que felizmente tornou-se realidade.

“Esses serviços eram uma necessidade antiga, nunca entraram aqui no igarapé para trocar nenhuma lâmpada, por isso nós agradecemos a gestão do prefeito David Almeida e ao nosso vice-prefeito Marcos Rotta, pelo belíssimo trabalho desempenhado já neste início de mandato. Os igarapés de Manaus estavam esquecidos, éramos invisíveis, agora, somos vistos e ouvidos, portanto, muito obrigado mesmo”, disse o morador.

Texto – Sofia Fontes / Seminf

Foto – Márcio melo / Seminf

-publicidade-