Closeup image of businessman drawing graph,business strategy as concept

O volume de produção fechou o ano de 2018 com um crescimento de 1,1%. O dado foi divulgado pelo IBGE nesta sexta-feira (1) na Pesquisa Industrial Mensal. O resultado ficou abaixo do volume total de 2017, quando a indústria teve um salto de 2,5%, primeiro resultado positivo despois de três anos consecutivos.

Entre as quatro grandes categorias analisadas para a realização do balanço de produção, apenas uma teve resultado negativo. Os bens classificados como semiduráveis e não duráveis caiu 0,3% de janeiro a dezembro de 2018. Em contrapartida, bens duráveis e bens de capital tiveram bons desempenhos, com altas acima dos 7%. Essa alta acima da média, segundo informa o IBGE, pode ser explicada por um aumento na fabricação de automóveis e eletrodomésticos, que ajudaram na crescente.

A publicação ainda revela que a produção teve um crescimento de 0,2% em dezembro na comparação com novembro do ano passado. Na análise entre dezembro do ano passado com dezembro de 2017, uma diferença notável. Queda de 3.6% na produção industrial. Nesta análise, todas as quatro grandes categorias tiveram resultados negativos, explicando o desempenho abaixo.

Reportagem, Raphael Costa