A Polícia Civil do Amazonas, por meio da equipe da Delegacia Especializada em Crimes contra a Mulher – Anexo (DECCM-Anexo) cumpriu na tarde da última segunda-feira (15), por volta das 16h, mandado de prisão preventiva em nome de um industriário de 43 anos, por descumprimento de medida protetiva e ameaçar expor imagens de momentos íntimos da ex-companheira dele, uma mulher de 39 anos.

De acordo com o delegado Ricardo Cunha, que está respondendo interinamente pela titularidade da unidade policial, o homem foi preso em via pública, em um ramal no bairro Puraquequara, zona leste da capital, após a vítima comparecer na unidade policial e comunicar o descumprimento da medida protetiva. Na ocasião, informou que o ex-companheiro a havia procurado e ameaçado expor imagens de momentos íntimos da mulher. A ordem judicial em nome dele foi expedida no dia 15 de julho deste ano, pela juíza Ana Lorena Teixeira Gazzineo, do 1º Juizado Especializado no Combate à Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher (Maria da Penha).

“O infrator enviava constantemente mensagens para a vítima, ameaçando expor momentos íntimos do ex-casal para o atual companheiro da mulher. Vale ressaltar que o industriário está casado com outra mulher e insistia em procurar a vítima para que ela aceitasse a manter encontros com ele. Esse indivíduo então passou a ameaçar a ex-companheira, tanto por mensagens como pessoalmente. Em razão disso, a vítima nos procurou para relatar a situação”, explicou a autoridade policial.

Indiciamento – O industriário foi indiciado por descumprimento de medida protetiva, ameaça, divulgação de cena de sexo, nudez ou pornografia. Ao término dos procedimentos cabíveis, ele será encaminhado ao Centro de Detenção Provisória Masculino (CDPM), onde irá permanecer à disposição da Justiça.

FOTO: Divulgação / PC-AM