Inflação varia 0,45% em outubro de acordo com IBGE

A inflação atingiu o índice de 0,45% no mês de outubro, é o que aponta o Índice de Preços ao Consumidor Amplo divulgado nesta quarta-feira pelo IBGE. O resultado apontou uma leve desaceleração da inflação, tendo em vista que o último registro, de setembro, foi de 0,48%.

De acordo com o gerente do IPCA, Fernando Gonçalves, os setores de transportes foram os que tiveram maior impacto sobre o resultado de outubro. Fernando afirma que, somadas, essas categorias correspondem à cerca de 70% do cálculo do índice e detalha como foi o desempenho de cada um em outubro.

Alta na gasolina interferiu no desempenho do IPCA de outubro

“Na parte dos alimentos, na avaliação do mês passado, a variação dos alimentos tinha sido de 0,10% e nesse mês ele acelerou para 0,59. Principalmente o tomate que subiu mais de 50%, então isso já ajuda a impulsionar o índice. Nos transportes, apesar de ter desacelerado de setembro para outubro, o grupamento dos combustíveis teve alta de 2,44% e essa composição tem peso no índice do IPCA. Então a gasolina, que foi o principal impacto individual no índice, subiu 2,18%. Então isso contribui para essa variação do IPCA do mês de outubro.”

O resultado, de acordo com o IBGE, é o maior para o mês de outubro desde 2015, quando foram registrados 0,82%. No acumulado do ano a inflação está em 3,81% e nos últimos 12 meses o índice fica nos 4,56%.

Reportagem, Raphael Costa