Infratores são presos e armas e drogas apreendidas durante operação integrada no Centro de Manaus

A Polícia Militar prendeu na tarde desta quinta-feira (11/10) três infratores com armas de grosso calibre, munições e drogas na região da orla da Manaus Moderna, no Centro, zona sul. A ação foi realizada pela 24a. Companhia Interativa Comunitária (CICOM), Força Tática e Companhia Independente de Policiamento com Cães (CIPCÃES).

De acordo com as informações do subcomandante-geral da Polícia Militar, Coronel PM Ayrton Norte, foi informado por meio de denúncia, uma possível entrega de drogas que ocorreria na região do Porto Manaus Moderna. A partir daí foi montado uma ação para averiguar a denúncia e a partir das características informadas de um veículo envolvido, após ser localizado estacionado na área em atitude suspeita, as equipes efetuaram abordagem e identificaram William Parente de Araújo, 32, e George Santos Rocha, 32.

Durante a revista, foram encontradas duas armas escondidas dentro do carro de luxo, uma submetralhadora, com 11 munições intactas, e uma pistola 9mm de uso restrito, com seis munições não deflagradas. Ainda no momento que atuavam na ocorrência, as equipes policiais receberam denúncia de que um cidadão estaria em uma embarcação com uma quantidade de drogas e com apoio das cadelas farejadoras da CIP-Cães, Vênus e Jade, conseguiram apreender 25 porções de drogas, possivelmente oxi e cocaína. O homem foi detido e entregue ao Departamento de Narcóticos (DENARC).

Ações semelhantes a esta, que resultaram nas detenções e apreensões de drogas e armas, segundo o Comandante-Geral, Coronel PM Cláudio Silva, serão intensificadas durante todo o feriado e fim de semana, visando garantir a segurança e tranquilidade dos cidadãos amazonenses, de forma conjunta com todo o sistema de segurança pública do Estado.

“A Polícia Militar estará nas ruas lado a lado da população, a quem convoco que denuncie atos criminosos que perturbem a paz social, e de maneira integrada com as demais forças de segurança, garantiremos a efetiva sensação de segurança a todos “, ressaltou o Coronel.