As Principais Notícias do Estado do Amazonas estão aqui!

Inpa e Ampa examinam peixes-bois que serão soltos na natureza

O processo faz parte do Programa de Reintrodução do Peixes-bois da Amazônia iniciada em nova fase, em 2008

Por: Karem Canto – Ascom Inpa
Foto: Acervo Ascom Inpa

Nesta terça-feira (13), a Associação Amigos do Peixe-Boi (Ampa) e o Laboratório de Mamíferos Aquáticos (LMA) do Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (Inpa/MCTIC) estarão indo para Manacapuru (AM) com uma equipe de 15 profissionais para capturar os 16 peixes-bois que mantêm no semi-cativeiro. Os profissionais irão coletar sangue e realizar a biometria para escolher os dez animais aptos a serem soltos na natureza no próximo ano.

O processo faz parte do Programa de Reintrodução do Peixes-bois da Amazônia iniciada em nova fase, em 2008. Possui duas etapas importantes: a primeira é o semi-cativeiro, localizado em uma fazenda particular, em Manacapuru, a 68 quilômetros de Manaus; a segunda, na Reserva de Desenvolvimento Sustentável (RDS) Piagaçu-Purus, a 250 km de Manaus, é o local da área de soltura.Os animais são transportados do Inpa para Manacapuru em caminhões e de barco para a Reserva, ambos adaptados.

A equipe, que sai de Manaus na terça pela manhã, realizará a captura de três animais (no lago pequeno). De quarta à sexta-feira (14 a 16), os profissionais, entre veterinários, biólogos, pescadores e assistentes, farão a tentativa de capturar os outros 13 peixes-bois (no lago grande). Eles retornam no sábado para Manaus.

De acordo com o biólogo e colaborador da Ampa, Diogo Souza, essa nova estratégia de reintrodução do peixe-boi é essencial para o projeto. Ele garante que desde que os pesquisadores do Inpa a adotaram, os resultados se tornaram mais satisfatórios e significativos. “Com o transmissor via HF, que são instalados na calda do animal, na fase de soltura da espécie, conseguimos obter dados como a localização do peixe-boi, a profundeza e a temperatura da água”, diz. “E podemos, finalmente, acompanhar o desenvolvimento do animal”, acrescenta.

O Projeto de Reintrodução de Peixes-bois da Amazônia conta com a colaboração de tratadores, veterinários, biólogos e comunitários e está sob a orientação da coordenadora do Laboratório de Mamíferos Aquáticos (LMA/Inpa), a Dra. Vera Silva. O programa, em parceria com a Ampa, teve início em 1974, desenvolvendo pesquisas para a conservação de mamíferos aquáticos da região.

você pode gostar também