Instituto Integrado de Ensino de Segurança Pública terá novo telecentro até o final deste ano

Até final deste ano, o Instituto Integrado de Ensino de Segurança Pública (Iesp), vinculado à Secretaria de Estado de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM), vai inaugurar um telecentro destinado à capacitação do efetivo das polícias Civil e Militar, além do Corpo de Bombeiros e dos servidores que compõem os órgãos do sistema de Segurança Pública no Estado.

Segundo o diretor-adjunto do Iesp, coronel PM Moisés Cardoso Souza, com o novo telecentro haverá um aumento na oferta de cursos em parceria com a Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp). “Já temos um telecentro funcionando e com a inauguração deste outro telecentro em Manaus ampliaremos a oferta de cursos de capacitação e formação das tropas em todo Estado, atendendo as demandas dos cursos de Ensino à Distância ofertados pela Senasp que beneficiam, inclusive, as tropas do interior do Estado”, disse.

O novo telecentro está sendo construído por meio de um convênio firmado entre a SSP-AM e a Senasp, no valor de R$ 520 mil. Atualmente, o Iesp tem um telecentro no campus de Ensino V, responsável pela gestão estadual dos cursos da Rede EaD Senasp.

De acordo com dados do Instituto, de 2008 a 2018, já foram capacitados mais de 63,7 mil servidores públicos, dentre eles, 37,5 mil da Polícia Militar, 16,7 mil da Polícia Civil, 4 mil do Corpo de Bombeiros Militar do Amazonas e 5,7 mil dos demais órgãos da Administração Pública.

Campi – Atualmente, o Iesp possui em sua estrutura cinco Campi de Ensino: Campus I, que dá apoio pedagógico à formação de oficiais da Polícia Militar, o Campus II, com a missão de formar e capacitar policiais civis, o Campus III que apoia a formação de soldados e praças da Polícia Militar, o Campus IV, com apoio pedagógico forma oficiais e praças do Corpo de Bombeiros Militar e o Campus V, que tem como principal atribuição à capacitação e aperfeiçoamento dos profissionais de Segurança Pública através do ensino à distância (EAD) com a plataforma da Senasp.

FOTO: DIVULGAÇÃO/SSP-AM