Amazonas Notícias

Interarte retoma atividade do teatro Selma Bustamante com apresentação especial

Interarte

O espetáculo “Um homem é um homem”, de Bertolt Brecht, que será encenado neste sábado (27/05), marca a retomada do Teatro Selma Bustamante e mais uma produção teatral assinada pela Interarte Produções, Cia. e Escola Teatral. A obra, adaptada e dirigida por Roger Barbosa, volta ao palco do “teatro de bolso”, que está localizado na sede da Interarte, na rua Maceió, nº 80, Adrianópolis, às 20h, para uma apresentação especial.

Em cena, o público irá conhecer a trajetória do personagem Félix Felizardo, um homem simples, estivador, que um dia sai de casa para comprar um peixe para o almoço e acaba se transformando em um assassino sanguinário, lutando em uma guerra, com ideais que ele desconhece.

Nesta adaptação livre de Roger Barbosa, integram o elenco de “Um homem é um homem”: Alessandra Taketomi, Anilton Neto, Breno Moreira, Clayson Charles, Débora Rodrigues, Marcos Auzier, Rodrigo Martiveira, Wilson do Carmo e Yohei Miura.

Além da retomada do “teatro de bolso”, a nova apresentação também marca a despedida da atriz Débora Rodrigues, que em cena dá vida a Leocádia, que agora seguirá carreira em São Paulo.

“Esta é uma encenação intrigante com atos ‘heroicos’ e humor comum aos absurdos que a vida nos apresenta. A trajetória de Félix apresenta várias funções à plateia que irá de meros observadores, juízes, cúmplices e até de protagonistas”, destacou o diretor. 

Bertolt Brecht

O contexto de guerra está presente em diversos textos teatrais de Brecht e reflete o momento histórico que a Europa vivia durante as grandes guerras do século XX, período que se deu o maior volume de produção dramatúrgica do teatrólogo alemão.  

“Mas, mesmo o contexto de guerra durante as histórias das peças, também, não era proposto em vão. A peça nos leva a uma reflexão sobre negar nossas raízes culturais e a nossa identidade por falta de consciência de quem somos para satisfazer um desejo ou necessidade imediata, assumindo um risco de não ter mais como retroceder”, explicou Roger.

Ingressos

Para a apresentação deste sábado, o público pode garantir seu ingresso antecipadamente pelo whatsapp (92) 99112-1866, no valor de R$ 30 (inteira) e R$ 15 (meia-entrada). Informações também podem ser obtidas por esse mesmo número. As vagas são limitadas. 

Enredo

“Um Homem é um Homem” retrata um período de guerra em que homens e mulheres lutam pela sua sobrevivência. Apresenta Félix Felizardo, o protagonista da história, um homem simples, o qual acorda pela manhã e, na trivialidade de uma conversa com sua esposa, decide sair para comprar um peixe. No meio do caminho, Félix é  surpreendido  por  uma  vendedora  que  lhe convence  que  a  mudança  de  ideias  é  sempre  uma  alternativa  melhor  e,  por  esse motivo,  ele  deveria  desistir  de  sua  ideia  inicial  e  trocar  a  sua  compra por  um  pepino. 

Logo após essa cena, Félix encontra um grupo de soldados britânicos que havia perdido um de seus elementos do grupo e precisavam de alguém para compor o quarteto, com o objetivo de que os oficiais do exército não percebessem a falta de um soldado.

Félix é posto à negociação com os soldados e devido a sua ingenuidade e por não dispor de maiores informações sobre o que está acontecendo em sua cidade, acredita que a proposta dos soldados possa lhe ser muito vantajosa. Com isso, o protagonista aceita vender a sua identidade em troca de algumas garrafas de cerveja e charutos. 

Félix assume sua nova identidade como soldado, esquecendo, também, de sua esposa. A ingenuidade dar lugar a ambição e Felix se envolve numa negociação claramente ilegal e se vê num emaranhado de circunstâncias onde a única saída é matar o “Felix” é se tornar definitivamente outro.  

Serviço: 

Espetáculo “Um Homem é um Homem”

Data: 27 de maio

Hora: às 20h
Local: Teatro Selma Bustamante – Interarte – Rua Maceió, nº 80 – Adrianópolis. 

Entrada: R$ 30,00 (Int.) e R$ 15,00 (Meia)

Adaptação e direção: Roger Barbosa;

Elenco: Alessandra Taketomi, Anilton Neto, Breno Moreira, Clayson Charles, Débora Rodrigues, Marcos Auzier, Rodrigo Martiveira, Wilson do Carmo e Yohei Miura;

Relacioandos