Servidores da Gerência de Controle de Pesca (GECP) do Instituto de Proteção Ambiental do Amazonas (Ipaam) iniciou nesta quarta-feira (14/11), nas principais feiras e mercados de pescado de Manaus, a campanha educativa de divulgação do período do defeso do capararí (Pseudoplatystoma tigrinum) e do surubim (Pseudoplatystoma fasciatum), que começa a partir desta quinta-feira (15/11).

De acordo com a gerente da GECP, Nonata Lopes, preservação das duas espécies são de responsabilidade do Governo do Estado, conforme estabelece a Resolução nº 21, do Conselho Estadual do Meio Ambiente (Cemaam) de 27 de outubro de 2015. O objetivo da proibição da pesca é garantir a preservação das espécies nos rios do Amazonas.

Nesse período as espécies passam pelo período de reprodução e por isso tem a sua pesca e venda proibida até o dia 15 de março de 2019. Nesta quarta-feira (14/11), servidores do Ipaam visitaram a feira da Manaus Moderna e o Mercado Municipal Adopho Lisboa, no Centro da capital, e distribuíram panfletos com informações sobre o período do defeso e as punições estabelecidas por lei à quem for flagrado pescando ou vendendo as espécies.

Nonata Lopes informou que, proprietários de frigoríficos que tenham os peixes armazenados podem fazer as declarações ao Ipaam até o dia 22 de novembro de 2018 (quinta-feira), considerando que para o Governo do Estado será o segundo dia útil após o dia 15 de novembro.

As solicitações de guia devem ser enviadas por e-mail com no mínimo dois dias úteis de antecedência. Todos os documentos deverão ser enviados para o e-mail [email protected] Para mais informações podem ligar para (92) 2123-6762 / 98441-8303.

FOTO: MARCO LEAL/IPAAM

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here