Take a fresh look at your lifestyle.

-publicidade-

-publicidade-

Iranduba – Inclusão socioeconômica e produtiva de pescadores artesanais é foco de ação do Governo

O Governo do Amazonas, por meio do Instituto de Desenvolvimento Agropecuário e Florestal Sustentável (Idam), em parceria com o do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) e a Associação de Pescadores e Pescadoras Profissionais Artesanais de Iranduba (Aspepi), realizou o cadastro de pescadores artesanais para acesso às políticas de desenvolvimento rural sustentável. A atividade faz parte de uma série de ações itinerantes direcionadas à inclusão socioeconômica e produtiva das famílias rurais, promovidas neste mês de maio, em Iranduba (a 27 quilômetros de Manaus).

A atividade, inicialmente realizada nas comunidades do Saracá e Acajatuba, localizadas na costa do Rio Negro, atendeu cerca de 50 pescadores com serviços de cadastramento para emissão de Registro Geral da Pesca (RGP), Cartão do Produtor Primário (CPP), acesso ao Crédito Rural Emergencial e informações sobre o Projeto Prioritário de Pesca do Idam.

“Com a ação foi possível esclarecer dúvidas sobre as linhas de crédito da Agência de Fomento do Amazonas (Afeam) e quais os procedimentos para acesso ao benefício. Assim como informações sobre a importância do RGP no acesso às políticas públicas como assistência social, programas de financiamento e o seguro-desemprego, que é pago nos meses em que a pesca comercial é proibida devido ao período de defeso de algumas espécies”, destacou o gerente do Idam em Iranduba, Jean Frank Cavalcante.

Segundo Jean, durante o cadastramento foi realizada uma triagem de pescadores artesanais que possuem potencial para o desenvolvimento da pesca ornamental, área que ganhará destaque nas ações de extensão rural do Idam, com o intuito de desenvolver a produção de peixes ornamentais nativos do município de Iranduba.

Os cadastros estão sendo realizados todos os sábados em diversas comunidades pesqueiras do município de Iranduba, conforme o calendário da Aspepi.

FOTO: Divulgação Idam

-publicidade-