Take a fresh look at your lifestyle.

-publicidade-

Iranduba recebe o projeto “Mãos que Transformam a Amazônia”

Iranduba receberá no período de 13 a 16 de maio, o projeto “Mãos que Transformam a Amazônia”, que foi contemplado pelo Edital Feliciano Lana – Lei Aldir. O projeto capacitará 30 mulheres das regiões periféricas do município de Iranduba a trabalharem com papelaria personalizada. No curso, elas aprenderão o processo de criação, corte e acabamento de embalagens para bombons amazônicos, como bala da cupuaçu.

O curso acontecerá na Associação de Amparo às Mulheres de Iranduba (AAMI), que possui caráter beneficente e sem fins lucrativos. A entidade tem a missão de promover atividades sociais, culturais, educativas e de lazer; manter serviços de assistência jurídico-social, médica e odontológica, bem como promover atividades, que visem ao desenvolvimento socioeconômico e cultural de crianças, adolescentes e idosos no município de Iranduba. Sua atuação tem como fundamento a geração de renda para suas associadas por meio do trabalho com a produção de artesanato e cursos de capacitação, dando a essas mulheres o empoderamento financeiro para que assim, tenham condições para tomar decisões relevantes dentro de seu núcleo familiar. Desta forma a AAMI, vem fazendo suas ações há mais de 20 anos dentro do município.

A presidente da AAMI, Alzira Barros, explicou a relevância do projeto: “Esse curso será de suma importância no momento delicado que vivemos, muitas mulheres de Iranduba perderam seus empregos e essa será uma oportunidade para elas aprenderem uma nova profissão e gerar mais renda pra suas famílias”, salientou.

As aulas serão ministradas pela empresária e publicitária Paula Carolinny, que atua na área de papelaria personalizada há seis anos, capacitando mães e mulheres no ramo para uma renda financeira.

Foto: Divulgação

-publicidade-