Take a fresh look at your lifestyle.

Irmãos Galvão e Chico Kadosh brilham na 1ª Copa Allan Cortinhas de luta livre esportiva 2015

-publicidade-

Foto: Emanuel Mendes Siqueira e Raiana Barreto
A juventude e a experiência prevaleceram na 1ª Copa Allan Cortinhas de Luta Livre Esportiva, realizada neste domingo, 1 de março, na quadra de esportes do São Lázaro, Zona Sul de Manaus. Os irmãos Micael e Samir Galvão foram campeões em suas categorias, assim como o lendário mestre Chico Kadosh.

Com apenas 11 anos, Micael Galvão (Projeto Nandinho) teve um dia de Davi x Golias ao vencer por pontos um representante mais velho e mais pesado, Kleber (Kadosh). Essa foi uma das superlutas do torneio que reuniu 638 atletas da capital e interior durante todo o domingo, mesmo com a chuva que castigou o ginásio.

A irmã de Micael, Samir Galvão, 14, também se superou no tatame do São Lázaro. A atleta patrocinada pela Oss Kimonos e Academia Live não teve adversárias em sua categoria e foi superior tecnicamente diante de duas atletas adultas. Primeiro, finalizou Cíntia Castro, 22, com um triângulo. Depois, conquistou a medalha de ouro ao finalizar Neide Rodrigues com uma chave de braço.

LENDAS EM AÇÃO
Num combate que levantou a torcida, o mestre Chico Kadosh deu uma prova de longevidade no esporte. Com 57 anos e muita história na luta livre, ele venceu Auderleide Maia, 46, por pontos. “Apesar da deficiência visual, ainda tenho a felicidade de lutar e impor meu jogo. Estou feliz pelo resultado, principalmente porque sirvo de espelho para os atletas dos meus projetos sociais”, ressaltou Kadosh.

ESPORTE EM CRESCIMENTO
O campeonato contou com a presença do mestre Totonho Aleixo, presidente da Federação Amazonense de Submission e Luta Livre (Fasub). Ele destacou o crescimento da modalidade no Estado. “A luta livre está em alta e nem a chuva atrapalhou essa grande festa do nosso esporte que cresce a cada campeonato. O Allan Cortinhas está de parabéns pela realização da Copa”, elogiou Totonho.

-publicidade-