As Principais Notícias do Estado do Amazonas estão aqui!

Já pensaram nisso?

A semana que termina nos deixa uma reflexão sobre como nos comportarmos em tempos de comunicação aberta nas redes sociais . O que fazemos e o que dizemos têm o poder de diminuir, anular, destruir reputações, matar uma pessoa, um ser humano. Pensaram nisso?

A semana que passa para a maioria, não passou nem passará para muitos, sejam brancos, pretos, pardos, pobres, ricos, bons, maus, ricos, pobres, livres, presos. Alguns exemplos e seus dramas:

Ao contrário do que se imagina, as algemas impingidas à Nejmi Aziz, durante sua condução coercitiva não foram por determinação da Polícia Federal, mas de Secretaria da Administração Penitenciária. A SEAP argumenta que é uma forma de garantir a integridade do próprio preso.

Agora, guardamos os posicionamentos dos órgãos envolvidos, que têm de cumprir a lei, ao que parece, é que, quem se dá ao desfrute de divulgar essas imagens de forma insistente nas redes sociais, não tem a menor ideia do que isso pode fazer a quem passa por essa situação.

Foi e continua sendo assim com o ex-presidente Lula, com o ex-governador Sérgio Cabral, com o ex-governador José Melo e agora a ex/primeira dama. As redes sociais se transformaram em verdadeiros tribunais e julgam sem respeito, dó ou piedade. O resultado é o ataque à dignidade humana, quando todos nós perdemos. Antes de exercitarmos o papel de deuses, precisamos pensar no que poderíamos causar ao outro, já passando por uma situação de extremo desgaste social, moral e espiritual. Não devemos nos igualar a quem possamos considerar a escória. Ao contrário, ganhamos muito mais se, ao invés de os demonizarmos, irarmos por eles e pelo nosso livramento desses males.

você pode gostar também